Elohim

From TSL Encyclopedia
Jump to navigation Jump to search
This page is a translated version of the page Elohim and the translation is 100% complete.
Other languages:
English • ‎español • ‎português

(Plural da palavra hebraica Eloah, “Deus”) Um dos nomes hebraicos de Deus, ou dos deuses; usado no Antigo Testamento cerca de 2.500 vezes, significando "Ser Poderoso" ou "Ser Forte".

Na Bíblia

Elohim é um substantivo uni-plural que se refere às chamas gêmeas da Divindade que compõem os "Nós Divino". Ao falar especificamente da metade masculina ou feminina, a forma plural é mantida devido ao entendimento de que metade do Todo Divino contém e é o Eu andrógino (o Nós Divino).

Os Sete Poderosos Elohim e as suas contrapartidas femininas são os construtores da forma; portanto, Elohim é o nome de Deus usado no primeiro versículo da Bíblia, “No princípio Deus criou o céu e a terra”. Servindo diretamente sob os Elohim estão os quatro seres dos elementos, “as Quatro Forças Cósmicas,” que têm domínio sobre os elementais – gnomos, salamandras, sílfides e ondinas.

Os Sete Poderosos Elohim são os “sete Espíritos de Deus” nomeados no Livro do Apocalipse[1] e as “estrelas da manhã” que cantaram juntas no princípio, e como Deus as revelou ao seu servo Jó[2] Há também cinco Elohim que cercam o núcleo de fogo branco do Grande Sol Central.

A ordem da hierarquia

Na ordem da Hierarquia, os Elohim e os Seres Cósmicos têm a maior concentração, a mais alta vibração da luz que podemos compreender no nosso presente estado de evolução. Eles representam, com os quatro seres da natureza, seus consortes e os elementais construtores da forma, o poder de nosso Pai como Criador (o raio azul).

Os sete arcanjos e seus complementos divinos, os grandes serafins, querubins e todas as hostes angélicas representam o amor de Deus na intensidade ardente do Espírito Santo (o raio rosa).

Os sete chohans dos raios e todos os mestres ascensos, juntamente com os filhos e filhas de Deus não-ascensos, representam a sabedoria da Lei do Logos sob o cargo do Filho (o raio amarelo). Estes três reinos formam uma tríade de manifestação, trabalhando em equilíbrio para reduzir as energias da Trindade.

A entoação do som sagrado “Elohim” libera o tremendo poder da autoconsciência divina deles, que foi reduzido para nosso uso abençoado através do Cristo Cósmico.

Os Elohim dos sete raios

A seguir estão os nomes dos Sete Elohim, o raio em que servem e onde se encontra o seu retiro etérico:

Raio Elohim Retiro etérico
Primeiro raio Hércules e Amazônia Half Dome, Sierra Nevada, Parque Nacional do Yosemite, Califórnia, E.U.A.
Segundo raio Apolo e Lumina Baixa Saxônia Ocidental, Alemanha
Terceiro raio Heros e Amora Lago Winnipeg, Manitobas, Canadá
Quarto raio Pureza e Astrea próximo ao Golfo do Arcanjo, braço sudoeste do Mar Branco, Rússia
Quinto raio Cyclopea e Virgínia Cordilheira de Altai, onde a China, a Sibéria e a Mongólia se encontram, próximo de Tabun Bogdo
Sexto raio Paz e Aloha Templo da Paz, Ilhas do Havaí
Sétimo raio Arcturus e Vitória perto de Luanda, Angola, África

Existem também cinco pares de Elohim na manifestação interior dentro do Grande Sol Central que manifestam os cinco raios secretos. Embora eles não tenham revelado seus nomes, seu poder e autoridade podem ser invocados, nomeando “os Elohim dos cinco raios secretos”. Seu momentum pode ser usado para desenvolver as esferas raios secretos no corpo causal do homem e magnetizar o potencial ígneo do núcleo de fogo branco de cada átomo do ser.

Cassiopéia é um Elohim do Grande Sol Central que mantém um foco de grande iluminação em prol da Divindade.

Para mais informações

Dito pelos Elohim, Pérolas de Sabedoria de 1978, vol. 21.

Os Sete Poderosos Elohim, “O Cálice dos Elohim,” Pérolas de Sabedoria de 1989, vol. 32, nos. 9–15.

Mark L. Prophet e Elizabeth Clare Prophet, Os Mestres e os seus retiros.

Ver também

Três reinos

Lista de mestres ascensos, seres cósmicos e anjos

Fontes

Mark L. Prophet e Elizabeth Clare Prophet, Saint Germain On Alchemy (A Alquimia de Saint Germain).

Mark L. Prophet e Elizabeth Clare Prophet, Os Mestres e os seus retiros.

  1. Ap 1:4; 3:1; 4:5; 5:6.
  2. Jó 38:7.