Patrocinadores da Juventude

From TSL Encyclopedia
Jump to navigation Jump to search
This page is a translated version of the page Sponsors of Youth and the translation is 100% complete.
Other languages:
English • ‎español • ‎português

Os Patrocinadores da Juventude são doze seres cósmicos do Grande Sol Central que, há éons, respondem às preces de mães, pais e patronos da juventude. Em 1977, foram autorizados a falar pela primeira vez, na conferência intitulada “Deus é Mãe”, graças a uma dispensação do Conselho Cósmico e dos Vinte e Quatro Anciães. Foram autorizados a revelar a sua identidade porque, durante muitos meses, os Guardiães da Chama imploraram Deus pedindo dispensações para salvar a juventude do mundo.

Durante esse ditado, os Patrocinadores da Juventude disseram que não poderiam colocar todo o peso da sua luz na Terra porque não fora invocada “energia suficiente” para manter o equilíbrio. Assim, para esse ditado, eles projetaram a sua Presença Eletrônica na Terra a partir do Grande Sol Central. Os Patrocinadores da Juventude apresentaram um relatório preocupante sobre a situação da juventude do mundo, baseado em um estudo conduzido pelo Guardião dos Pergaminhos, pelos mestres ascensos e pelos arcanjos, com informações em níves internos de pessoas encarnadas.

O ataque à juventude

Os Patrocinadores da Juventude relataram:

“As tentativas implacáveis dos anjos caídos de interferir na espiral ascendente da cultura da Mãe têm sido direcionadas, há algumas décadas, contra a juventude e as almas vindouras. As trevas projetadas contra a mente, a alma, o coração, o corpo, os chakras, a saúde e a sanidade são inexoráveis. Esses ataques começam no momento em que os Senhores do Carma determinam a encarnação de uma alma e continuam até os trinta e três anos de idade.[1]

Para Deus Todo-Poderoso, as pessoas mais importantes da Terra são as que acabaram de ser concebidas e estão no ventre e aquelas em fase de amadurecimento até aos trinta e três anos – sete anos para cada um dos quatro corpos inferiores e cinco para os raios secretos. Todos são considerados jovens. Quando um indivíduo ultrapassa essa idade, ocorre o “endurecimento da espiral”, a consolidação dos padrões de hábitos. Após essa idade, é mais difícil a conversão da alma para a senda da luz.

Os Patrocinadores da Juventude advertem que os ataques à juventude têm sido tão intensos que

atualmente, a situação de crianças e jovens atingiu um dos pontos mais baixos desde a queda da Atlântida, desde os tempos de Noé... Foi a profanação da chama da santa juventude que resultou no julgamento decisivo do povo pelo Deus Todo-Poderoso. Uma coisa é o adulto já endurecido no caminho do pecado, perpetuar o seu pecado. Mas, quando esse pecado é passado para crianças inocentes, e elas são corrompidas com a permissão da população,... toda a civilização precisa ser julgada

O relatório conclui que:

Há lacunas tão grandes no entendimento da juventude, da sua origem, procedência e propósito, do fluxo da pureza, do uso correto do fogo sagrado, da meta da vida e da senda da iniciação que leva à ascensão, que se esta corporação e companhia de portadores de luz não for capaz de reverter a maré, mantendo uma vigília para a juventude, é possível que esta geração se perca. E, se isso ocorrer, não haverá nas próximas gerações pessoas para quem a tocha possa ser passada. Pedimos o total comprometimento dos Guardiães da Chama para com a causa da juventude.[2]

Em 1992, os Patrocinadores da Juventude transmitiram um segundo ditado no qual o seu porta-voz declarou:

Esta é uma hora muito perigosa na história do mundo. Vou dizer como a situação é calamitosa, pois falo em nome de todos nós e digo, amados, essa é a guerra do Espírito e os anjos caídos estão tão decididos a separar uma geração da outra que em uma centena de anos, este planeta terá regredido para um nível tão baixo que não conseguireis mais reconhecê-lo. É por isso que dizemos, apressai-vos, apressai-vos, apressai-vos! Estas crianças, na terra, quer tenham ou não retido a chama, estão sendo atacadas violentamente pelas trevas, de maneiras bastante sutis. As vossas dores e aflições são pequenas comparadas com as dessas [crianças e jovens] que vos imploram. É como se, em parte, estivessem no plano astral, no próprio inferno, enquanto estão encarnadas. [3]

Passos para ajudar a salvar as crianças

Nesses dois ditados os Patrocinadores da Juventude apresentaram vários passos que podemos seguir e que ajudarão a salvar as crianças:

Passo Um: Observar o que está acontecendo. Os mestres disseram: “O clamor das crianças chega a vós e, mesmo assim, estais separados delas, como se um véu cobrisse os vossos olhos e vos impedisse de enxergar e não enxergais o que acontece com esses pequeninos e com os jovens. É hora de entrardes nas escolas e observardes por vós mesmos, o que se passa ali. Seria bom que vos permitísseis sentir a dor do mundo, especialmente a das crianças”.

Passo Dois: Manter uma vigília de oração. Os Patrocinadores da Juventude dizem: “Orai, orai e orai, de joelhos se precisardes”. Fazei uma vigília de oração dedicada ao coração da Mãe Divina, ao Imaculado Coração de Maria e a todas as hostes do SENHOR que desejardes invocar. Fazei a vigília! Desligai o aparelho de televisão, deixai de lado os programas de ficção. Acompanhai o noticiário, deixai de assistir aos seriados e usai todo o tempo livre para decretar em prol das crianças, desde os recém-nascidos até aos que têm trinta e três anos.

“Começai com a convicção absoluta de que todo poder de Deus pode se manifestar por vosso intermédio”, por meio da Ciência da Palavra Falada. Os Patrocinadores da Juventude também pediram que exigíssemos “o julgamento do aborto e dos abortadores”. O aborto não é apenas da carne e do sangue, mas também da oportunidade da alma cumprir o seu plano divino. Hoje, mais do que nunca, é possível olhar em volta e perceber que há lugares vagos. Onde está a sua chama gêmea? Onde está a sua alma companheira? Onde poderão encontrá-las? Descobrirão que foram abortadas e tentaram encarnar vezes seguidas? Esta é uma época muito difícil para os jovens, porque muitos da sua geração, que deveriam estar aqui, não estão, porque foram cometidos milhões de abortos.

Os Patrocinadores da Juventude também nos incentivam a usar a Palavra Falada para exorcizar a semente de Satanás e de Lúcifer das escolas, das faculdades e das universidades.

“Todo indivíduo familiarizado com a Ciência da Palavra Falada precisa manifestar-se e defender a juventude do mundo!” Nunca os jovens precisaram tanto das nossas orações como hoje e os Patrocinadores da Juventude dão-nos chaves que intensificam os decretos: “Forrai as paredes da vossa casa com fotos de crianças. sai-as como foco e pedi a libertação de milhões de crianças. Podeis ainda manter a imagem de um feto abortado que vos lembre, todos os dias da vossa vida, que crianças que enviamos do Sol Central para a Terra estão sendo abortadas”.

Passo Três: Envolver-se. Os Patrocinadores da Juventude não incentivam a acomodação, mas o envolvimento no resgate da juventude. “Quando se trata de ajudar a juventude, nada substitui o envolvimento pessoal ou a participação na vida das crianças e dos jovens – tarefas, brincadeiras, vida escolar, esporte, e vestir as vestes de Deus”. Invoquem o Grande Diretor Divino, o Deus e a Deusa Meru e o Comitê de Orientação Infantil, que Jesus, Kuthumi e Mãe Maria integram, pedindo-lhes ajuda para compreender o papel que têm de desempenhar.

Quando negligenciamos a criança, negligenciamos o Cristo no interior de uma pessoa muito especial. Os Patrocinadores da Juventude avisaram:

Lembrai-vos das crianças, pois em um futuro não muito distante podereis ser outra vez uma criança e, como tal, colhereis o carma que fizestes na última vida, esta vida, por terdes ignorado uma oportunidade excelente e deixado de salvar as criancinhas que poderíeis e deveríeis ter salvado. E alerto: purgai-vos de todo egoísmo, preguiça, indolência, tédio ou energia que se manifesta por meio da afirmação: “Eu não quero saber. Não tenho tempo para dedicar a crianças ou adolescentes. Vou sentar-me em casa e farei os decretos, e é isso que estou disposto a fazer”.

Passo Quatro: Tornarmo-nos amigos de uma criança. Os Patrocinadores da Juventude encorajam-nos a sermos amigos de uma criança ou de um adolescente. Eles disseram:

Não basta passar pela criança e dizer um simples “olá”. Reverenciando a vida e respeitando a Criança Sagrada, percebereis que a amizade com as crianças pode ser a alegria da vossa vida. Quando contais os amigos que tendes, incluís as criancinhas encantadoras e adoráveis, que tanto gostam de vós? Às vezes, nem percebeis que os seus corações disparam antecipando uma palavra gentil, a vossa chegada, o vosso sorriso ou as brincadeiras que fareis com elas.

Passo Cinco: Sejamos um exemplo para as crianças. Os Patrocinadores da Juventude disseram: “As crianças precisam do vosso exemplo. Os registros mostram que muitas crianças crescem tendo apenas como exemplo as estrelas de Hollywood, os astros do rock, os representantes do governo que os traem com a sua desonestidade, e professores e pais que não conseguem passar-lhes a imagem do Cristo, do Buda e da Mãe. As almas de luz precisam ver em alguém o exemplo de Deus Todo-Poderoso”. E esse alguém somos nós.

A vela da virtude, carregada por um único indivíduo, preservará para toda criança a estrela da esperança. Toda criança precisa conhecer alguém que represente a memória divina da atividade que ela desenvolveu nos planos internos com os mestres ascensos e as hostes angélicas. Neste dia, o pedido que vos fazemos é que sejais esse exemplo para as crianças, para os adolescentes do mundo, e para os que estão na casa dos vinte anos, lutando com os problemas da vida e preparando-se para as iniciações da Cristicidade e da Budicidade.

Estais em um palco, durante as vinte e quatro horas do dia, e as almas de luz da Terra recebem as impressões da vossa aura, estejais vós comprometidos ou vos recusando a vos comprometerdes. E essa energia afeta toda a evolução dos portadores de luz do mundo.

Passo Seis: Ensinar às crianças leitura, redação e matemática.

Ensinai leitura fonética às crianças. Ensinar leitura, redação e aritmética às crianças antes dos sete anos, é reponsabilidade solene dos pais e de toda pessoa que se considera um portador de luz. Saí e encontrai-as! Abri espaço para elas nos vossos lares. Oferecei-vos para ensiná-las, onde quer que os pais permitam. Inúmeras bênçãos serão concedidas aos que tiverem coragem de ensinar as crianças a ler, a escrever e a contar.

Passo Sete: Fazer palestras e apresentações públicas que versem sobre temas que ameaçam a juventude. Os Patrocinadores da Juventude dizem-nos:

Não descanseis até que cada uma das traições ao Cristo na juventude da América e do mundo, seja desmascarada na forma de livro. Que os livros sejam escritos. Seja qual for a vossa participação, o vosso apoio, estando próximo ou distante, sabei que nós, no Grande Sol Central, observamos toda corrente de vida que faz uma hora de decretos diários para apoiar a Mensageira, a causa e a disseminação deste ensinamento.

Os Patrocinadores da Juventude nos relatam:

Dedicai-vos e dedicai a vossa vida a apoiar as crianças. Esta é a mensagem mais séria que já ouvistes dos mestres ascensos, porque é uma mensagem sobre a ruína desta nação e, em última análise, das nações do mundo, se não agirdes a tempo.

Fontes

Mark L. Prophet e Elizabeth Clare Prophet, Os Mestres e os seus retiros, s.v. “Patrocinadores da Juventude.”

Pérolas de Sabedoria, vol. 35, n° 59, 2 de dezembro de 1992.

  1. Patrocinadores da Juventude Vindos do Grande Sol Central, A Call for an All-Out Commitment to the Cause of Youth, 28 de dezembro de 1997, citado por Elizabeth Clare Prophet, 2 de julho de 1996.
  2. Idem.
  3. Patrocinadores da Juventude Vindos do Grande Sol Central, Save the Children! (Salvai as Crianças!) Pérolas de Sabedoria, vol. 35, n° 59, 2 de dezembro de 1992.