Anjo da Paz

From TSL Encyclopedia
Jump to navigation Jump to search
This page is a translated version of the page Angel of Peace and the translation is 100% complete.
Other languages:
English • ‎español • ‎português • ‎русский
Imagem do Anjo da Paz que apareceu as crianças em Fátima, Portugal

O Anjo da Paz é o comandante de uma legião de anjos conhecida como Legião da Paz.

Ajuda a Jesus

Esse anjo ajudou Jesus a expandir a chama da paz, durante o seu ministério. Foi também um dos anjos que, com Santa Ametista, se manteve em vigília com Jesus, no Jardim de Getsêmani, e integrou as hostes celestiais enviadas por Deus para ajudar Jesus, quando este orou pedindo: “Pai, se queres, passa de mim este cálice, todavia não se faça a minha vontade, mas a tua.”[1]

Embora o Pai, atuando em conformidade com a sua Lei, não tenha “afastado o cálice”, enviou arcanjos e arqueias e, entre eles, o Anjo da Paz, para fortalecerem a decisão que Jesus tomara, de fazer a vontade de Deus. A presença ígnea desses anjos funcionou como eletrodos que magnetizaram as chamas da paz e do poder, da cura e da verdade, da fé, da esperança e da realidade do corpo causal de Jesus. Isso auxiliou-o a manifestar a totalidade do momentum da sua própria luz, para suportar a traição, a provação e a crucificação que teria de enfrentar.

Aparição em Fátima

Foi o Anjo da Paz que apareceu aos três pastorinhos, em Fátima (Portugal), em 1916, antes das aparições da Mãe Maria. Ele foi descrito como “uma luz mais branca do que a neve, na forma de um jovem, transparente e mais brilhante que o cristal trespassado por raios de sol.”

O anjo disse: “Não temais. Eu sou o Anjo da Paz. Orai comigo.” E, ajoelhando-se, encostou a fronte no chão e rezou: “Meu Deus, eu creio, adoro, espero e Vos amo. Peço-Vos perdão para os que não creem, não adoram, não esperam e não Vos amam.” O Anjo ensinou as crianças a orar e a oferecer sacrifícios a Deus pelas outras pessoas.

A Mãe Maria disse:

Amados, se a aparição do Anjo da Paz e a minha mensagem, em Fátima, serviram para encorajar à oração, ao sacrifício e pedir a conversão dos pecadores, e se as preces destes três foi considerada uma dispensação capaz de deter a mão das trevas, como imaginais que funcionaria uma dispensação na qual muitas centenas, talvez milhares de Guardiães da Chama, com plena consciência da ciência da Palavra falada e da ciência do Imaculado Coração, clamassem invocando a luz?

Sugiro que deixeis a vossa imaginação fluir por entre as estrelas, pois as galáxias estão, de fato, repletas de luz. Isso é necessário para o ponto de virada, amados, para o ponto de virada da história do mundo.[2]

Seu serviço hoje

Maria convida-nos a pedir ao Anjo da Paz que entre nas salas de aula e ensine as crianças a rezar. Ele e a Mãe Maria preocupam-se, e muito, com a separação entre as almas e Deus, por causa do ateísmo, do agnosticismo e dos sistemas políticos e econômicos que negam a existência de Deus, além dos sistemas doutrinários e dos dogmas.

Fontes

Mark L. Prophet e Elizabeth Clare Prophet, Os Mestres e os seus retiros, s.v. “Anjo da Paz.”

  1. Lc 22:42.
  2. Nossa Senhora: “A Consagração da Rússia ao Imaculado Coração de Maria”, Lição 14 dos Guardiães da Chama.