Anjo da Agonia

From TSL Encyclopedia
Jump to navigation Jump to search
This page is a translated version of the page Angel of the Agony and the translation is 100% complete.
Other languages:
English • ‎español • ‎português • ‎русский

O Anjo da Agonia foi o anjo que ministrou a Jesus na cruz. Com as suas legiões, o Anjo da Agonia inspira e eleva os que estão sobrecarregados pelo peso da cruz do carma pessoal e planetário. Ele exemplifica os muitos anjos que cuidam da humanidade sofredora.

Ele pede que nos lembremos dele quando orarmos pelos que sofrem:

Peço que, quando orardes ao nosso Pai, em nome do Cristo e do EU SOU O QUE EU SOU, vos lembreis de me invocar, em prol dos milhares de pessoas que sofrem diariamente, na Terra. Invocai-me, pois assim, poderei enviar as minhas legiões para estarem ao lado dos que esperam e querem ver o aparecimento do seu Senhor.

Peço os vossos chamados por todos que sofrem por deixarem esta vida, dos que fazem a transição carregando o carma pessoal e o planetário, dos que estão num leito de dor e precisam ser recebidos pelos anjos do céu e pelos Senhores do Carma. Pedi para que possamos estar presentes para encorajar esses seres abençoados com a visão de templos, cidades e retiros etéricos, estimulando-os com uma visão da vida futura, com a alegria e a compreensão, em algum lugar da alma, de que esse sofrimento também equilibra a vida e dá a oportunidade a outros de viverem e serem vitoriosos. Peço que também invoqueis as legiões de anjos para consolarem os que estão na cruz, vivenciando a transição de entes queridos, pois cuidamos dos que sofrem juntamente com os que passam por essa iniciação.[1]

O Anjo da Agonia e as suas legiões repreendem os espíritos da morte que zombam dos vitoriosos na hora da agonia, e também inspiram os que passam pelas suas iniciações.

Desejo que compreendais que mesmo na hora do mais intenso sofrimento, na hora em que o templo físico sente dor, há um êxtase no interior da alma e do coração, que se expande, mais e mais, até que o campo de força do Filho de Deus se torne uma réplica do Sol Central, mesmo durante a agonia da crucificação.

Chamam-me o Anjo da Agonia e venho com as minhas legiões para inspirar os que estão sobrecarregados pelo peso da cruz do carma pessoal e planetário. Vimos para os corajosos que saúdam os anjos do Senhor Maitreya com um alegre: “Sim, serei iniciado! Sim, darei o passo seguinte, seja ele qual for. Estou pronto, Senhor, pois desejo vencer o inferno e a morte, nesta vida, nesta minha vida vitoriosa e triunfante.”[2]

Fontes

Mark L. Prophet e Elizabeth Clare Prophet, Os Mestres e os seus retiros, s.v. “Anjo da Agonia.”

  1. njo da Agonia, The Hour of Love’s Reunion (A Hora da Reunião pelo Amor), Pérolas de Sabedoria, vol. 44, n° 40, 7 de outubro de 2001.
  2. Ibid.