Anjo da Revelação de João Evangelista

From TSL Encyclopedia
Jump to navigation Jump to search
This page is a translated version of the page Angel of the Revelation of John the Divine and the translation is 100% complete.
Other languages:
English • ‎español • ‎português • ‎русский
São João Evangelista em Patmos, Jacopo Vignali (século XVII)

Jesus ditou o livro do Apocalipse a João Evangelista, por intermédio do Anjo da Revelação, Esse anjo falou com profundidade sobre o Cristo, sobre o verdadeiro significado da Igreja e a necessidade de acabar com a divisão no seu seio. Ele diz:

Dirijo-me ao corpo de Deus, que está fragmentado na terra. Dirijo-me aos que deixaram as igrejas e às almas que ali permanecem. Convoco os que adoraram a Deus no Islã, como hinduístas, como budistas, como seguidores do Tao e como intérpretes da Palavra do SENHOR de Israel. Dirijo-me aos judeus e aos gentios, aos verdadeiros seguidores de Deus e aos que se afastaram do caminho.

Libero o Espírito do Cristo vivente e digo: cada caminho para encontrar Deus é um raio que conduz ao centro do templo e à verdadeira edificação, que é o Cristo – o Cristo que conhecestes em Jesus como Logos Eterno e o Cristo que conhecereis novamente nesta era, no interior do vosso coração, como a chama que arde no altar do coração.

Venho com um aviso e uma aceleração. Que o aviso seja para as almas que são de Deus, de que existem seres caídos infiltrados nas vossas fileiras e que se movimentam no meio de vós. São eles os falsos Cristos e os falsos profetas, e separaram o amor dos santos inocentes e o credo do nosso Senhor pelos seus murmúrios, pela sua falsa doutrina, pela sua separação do amor dos membros do corpo de Deus.

Eis, então, o meu aviso: que haverá o desmoronamento da Igreja de Roma e o desmoronamento das igrejas da Cristandade, a menos que o espírito de divisão seja extirpado, em nome de Jesus, o Cristo. Que tremam os demônios e os caídos, pois o Senhor aproxima-se e não permitirá que os vendilhões permaneçam no templo, os que barganham a alma dos homens, os que comprometem a fé do nosso Senhor, os que se comprometem para satisfazer a ética dos tempos.

Sede verdadeiros com o Cristo interior e descobrireis que sois um só com a verdadeira Igreja, que é a chama no interior do coração. Não é necessário que encontreis a salvação por meio de compromissos e de organizações externas. Mas, onde estiverdes, precisais confirmar o Verbo vivente, reunir-vos nas igrejas, retornar às igrejas e levar-lhes o Espírito Santo e a mensagem do Anjo da Revelação, que EU SOU como um vosso companheiro servo do Deus Altíssimo.

Venho para vos dar o impulso da luz e do fogo do Cristo para que retorneis para as vossas igrejas de origem ou integreis este grupo de devotos que constituem o foco exterior da Igreja Universal e Triunfante. Para onde fordes, quer seja para orar, cultuar e entrar em unidade na comunhão das almas, levai para lá o Espírito do Deus vivente. Levai o espírito da Verdade.

E lembrai-vos de que a Verdade estará onde estiverdes e onde EU SOU e estou. E no EU SOU O QUE EU SOU somos um só e não existe separação entre os planos de consciência, pois o Espírito de Deus move os que estão encarnados e os que estão nas esferas celestiais, como um corpo único a serviço do Cristo.

Venho para estabelecer o contato. Venho para que possais perceber que as hostes dos exércitos do céu são absolutamente reais e estão muito próximas, e que o número de anjos e de hostes angélicas, de arcanjos, serafins e querubins, e de santos ascensos supera, em muito, as forças dos caídos e o número dos que ainda estão encarnados em corpos terrestres, no planeta.[1]

Fontes

Mark L. Prophet e Elizabeth Clare Prophet, Os Mestres e os seus retiros, s.v. “Anjo do Apocalipse de João Evangelista.”

  1. Anjo do Apocalipse de João Evangelista, The Message of Alpha and Omega to the Seven Churches (A Mensagem de Alfa e Ômega às Sete Igrejas), 10 de outubro de 1976.