Gruta dos Símbolos

From TSL Encyclopedia
Jump to navigation Jump to search
This page is a translated version of the page Cave of Symbols and the translation is 100% complete.
Other languages:
English • ‎español • ‎português

A Gruta dos Símbolos é o retiro de Saint Germain na Table Mountain nas Montanhas Rochosas na América do Norte. Este é um foco importante, e muitas invenções deverão ser divulgadas a partir deste retiro. Saint Germain usa este retiro além da Mansão Rakoczy na Transilvânia, a Gruta de Luz e o Retiro do Royal Teton.

Descrição

Entra-se neste retiro por uma caverna na montanha revestida de cristais rosa e branco e depois segue-se para uma câmara abobadada de duzentos metros de largura coberta com estalactites de cor madre-pérola que formam símbolos ocultos. Como foco dos raios madre-pérola de Deus e das chaves geométricas para a liberação de fohat, a energia que brilha através desses símbolos se expande por todos os Estados Unidos e tem uma influência muito significativa sobre seu povo, introduzindo em sua consciência a matriz da era de ouro e a lembrança de sua herança perdida. A gruta recebe o seu nome destes símbolos.

Na parede oposta, no lado oposto da câmara, há três arcos, espaçados a cada seis metros: o primeiro, de cor rosa profunda, o segundo, de cor branco penetrante e o terceiro, azul cobalto. Esses são focos de grandes seres cósmicos para a vitória da consciência Crística na América.

Acompanhados pelo mestre Saint Germain, que levanta a mão em direção ao arco central, entramos em um túnel que se abre a seu comando. Depois de várias centenas de metros, ele nos convida a entrar numa sala abobadadana de doze lados com dezoito metros de diâmetro na qual existem mais símbolos antigos. Logo percebemos que quatro dos doze lados são de um branco brilhante (focalizando a pureza da consciência de Cristo nos quatro elementos e nos quatro corpos inferiores do planeta). As paredes restantes são em tons pastel dos raios.

Nesta sala, é-nos mostrado o rádio fantástico inventado pela mestra ascensa Leonora, por meio do qual é possível comunicar-se com outros planetas deste sistema solar, com o centro da Terra ou qualquer ponto na superfície do planeta. Existem laboratórios químicos e elétricos em que cientistas aperfeiçoam fórmulas e invenções que foram autorizadas a serem retiradas das cidades hermeticamente fechadas no fundo do Oceano Atlântico que foram protegidas desde o afundamento da Atlântida. Essas descobertas serão trazidas a público para o uso da humanidade na era de ouro, assim que o homem aprender a controlar a ganância, o egoísmo e o desejo de controlar os outros por meio da guerra e de políticas financeiras desonestas.

Quando os Filhos de Deus estiverem novamente no controle das grandes nações do mundo, os mestres ascensos virão com uma tremenda riqueza de informações que foram guardadas em seus retiros por séculos. Aqui, cientistas não ascensos aparecem em seus corpos mais sutis enquanto dormem ou entre encarnações. Os estudantes da luz também podem pedir para serem levados até lá. Saint Germain está treinando um grande grupo de almas dedicadas ao Cristo e à ciência do Cristo, que no momento oportuno trarão para a nossa consciência externa tudo o que aprenderam neste e em outros retiros da Fraternidade.

O acelerador atômico

Artígo principal: Cadeira da Ascensão

Existe até o que é chamado de “acelerador atômico” - uma cadeira dourada por meio da qual passam correntes eletrônicas que aceleram o padrão vibratório dos átomos e elétrons nos quatro corpos inferiores. Os iniciados da Fraternidade que provaram seu mérito pelo serviço e devoção à luz e que já equilibraram uma quantidade considerável de seu carma podem sentar-se nesta cadeira por um período de tempo prescrito pelo mestre Saint Germain e os Senhores do Carma. Ao acelerar a frequência da luz nos quatro corpos inferiores, uma porção do carma da pessoa é equilibrado e uma porção da substância mal qualificada é descartada pela ação centrífuga produzida pelos elétrons giratórios e transmutada pelo fogo sagrado.

Assim, os quatro corpos inferiores do indivíduo podem ser acelerados pelas correntes da ascensão e a alma elevada à ascensão. Sob o patrocínio de Saint Germain, muitas correntes de vida ascenderam nesta sala.

Entramos num elevador, descemos trinta metros no coração da montanha e saímos numa sala circular com seis metros de diâmetro. Fomos conduzidos por uma porta a um imenso salão equipado com fornos e máquinas para a produção de materiais utilizados no trabalho experimental realizado nos laboratórios químicos e elétricos no nível superior do retiro.

Voltando ao nível superior, fomos levados a uma sala de recepção com teto abobadado, dormitórios adjacentes e uma sala de audiências também com teto abobadado de cor azul celeste com nuvens pintadas, dando a impressão de estarmos ao ar livre. Ali existe um magnífico órgão e piano usados pelos mestres para focalizar as correntes harmonizantes da música das esferas em prol da liberdade dos filhos e filhas de Deus na Terra.

O Espelho Cósmico

Artígo principal: Espelho Cósmico

O Espelho Cósmico fica na parede leste da Câmara de Cristal. Quando o discípulo atinge um certo grau de mestria, ele é levado pelo mestre diante do Espelho Cósmico, que sintoniza seu corpo etérico e reflete suas vidas passadas, incluindo a causa e o efeito em seu mundo de todo pensamento, sentimento, palavra e ação que ele já manifestou. O Espelho Cósmico também reflete a matriz original de seu plano divino que é colocado sobre o corpo etérico quando a alma nasce no coração de Deus. Ao ver suas vidas passadas, o discípulo pode aprender qual parte do plano divino ele realizou. E pode ver que condições em seu mundo devem ser corrigidas e que bons momentos ele desenvolveu, que agora ele pode usar para superar as dificuldades do passado e do presente e, assim, realizar seu plano divino num futuro próximo.

A Esfera de Luz

No outro extremo da sala de audiências, através de uma porta oculta, entra-se na Esfera de Luz, uma sala de forma esférica onde o foco do fogo sagrado é usado para intensificar a expansão da luz dentro daqueles que têm permissão para ali entrar. A função desta sala está relacionada com a ação da luz na Gruta de Luz, sob a responsabilidade do Grande Diretor Divino na Índia. Juntamente com o Acelerador Atômico, esses focos servem para aproximar os discípulos dos mestres de sua ascensão e ajudá-los a acelerar o processo, que não poderia ser realizado no mundo exterior.

Comparecer ao retiro

É uma experiência muito real e animadora estar diante do Espelho Cósmico neste retiro. O discípulo precisa estar pronto para examinar suas ilusões, fantasias e o eu sintético. Ele deve ser capaz de aceitar os erros que o ego pratica continuamente contra si mesmo. Não é possível esconder nada de Deus. O estudante sincero que gostaria de se livrar dessas ilusões pode pedir a Saint Germain para ser levado diante do Espelho Cósmico.

Fontes

Mark L. Prophet e Elizabeth Clare Prophet, Os Mestres e os seus retiros, s.v. “Gruta dos Símbolos.”