Chamuel e Caridade

From TSL Encyclopedia
Jump to navigation Jump to search
This page is a translated version of the page Chamuel and Charity and the translation is 100% complete.
Other languages:
English • ‎español • ‎português
Arqueia Caridade

Chamuel e Caridade são o arcanjo e a arqueia do terceiro raio.

O Arcanjo Chamuel, cujo nome significa “aquele que busca Deus”, e o seu complemento divino, a Arqueia Caridade, servem no terceiro raio do amor divino e mantêm um retiro etérico, o Templo da Chama Rosa Cristalina, localizado acima de St. Louis, Missouri (EUA). Um arco de amor divino forma uma ponte que liga esse retiro ao dos Elohim do terceiro raio, Heros e Amora, que fica próximo ao lago Winnipeg, em Manitoba, Canadá.

Com as suas legiões de anjos da chama rosa, Chamuel e Caridade trabalham para expandir a chama da adoração e do amor divino no coração dos homens e dos elementais. O júbilo do Cristo e o uso adequado dos poderes criativos da Divindade são os pontos fortes das suas instruções.

A Torre de Babel, Pieter Bruegel o Ancião

A Torre de Babel

Chamuel foi o Arcanjo que pronunciou o édito que confundiu as línguas dos que tentavam construir a Torre de Babel, erigida por Nimrod para sua glória. O raio rubi do julgamento do SENHOR desceu por intermédio de Chamuel e, num instante, as pessoas começaram a falar línguas diferentes.[1] Instalou-se o caos e o medo transformou-se em raiva do SENHOR e do Seu anjo vingador. Como as pessoas já não conseguiam se comunicar, não podiam mais conspirar fazendo o mal, e a confusão das línguas evitou a disseminação rápida das perversões da sociedade. Assim, até que os homens se aperfeiçoem no amor, serão mantidos separados pelo amor divino.

Nimrod era um anjo rebelde que ambicionava controlar o mundo. Anjos rebeldes em posições de destaque são fatos da vida no planeta Terra. Estão aqui desde que perderam a batalha no céu e o Arcanjo Miguel e as suas legiões os lançaram na Terra. Movimentam-se no meio de nós usando corpos físicos, usualmente maiores do que os da média dos humanos. Os arcanjos ainda estão em guerra contra os anjos caídos, em defesa das crianças da luz. Podemos alistar-nos nessas legiões quando abraçamos a causa das crianças, dos pobres, dos que não têm onde morar e de todos que sofrem sob o jugo do próprio carma e da tirania dos anjos caídos.

O serviço que eles prestam

Dependendo da sua tarefa, as legiões de Chamuel e Caridade podem apresentar-se com fardas de gala ou trajes de cerimônia. Também podem vir na suavidade da Mãe, para confortar a vida. Às vezes, vestem-se com roupas que parecem ser feitas de camadas de delicado chiffon rosa ou tons intensos dos raios rosa e rubi que são, na verdade, camadas diáfanas de luz.

Os Arcanjos Chamuel e Caridade ensinam como desenvolver as qualidades da misericórdia, da compaixão e da benevolência. Ensinam como substituir o senso de injustiça pela confiança suprema na resolução final do amor divino. Ensinam, também, como intensificar a chama do amor no coração e a nos prepararmos para a descida do Espírito Santo no nosso templo. Eles podem curar a nossa aura quando oferecemos devoções e serviço a Deus, em seu nome.

Chamuel e Caridade dizem:

Sempre que fazeis decretos de chama violeta, que cantais louvores a Deus Todo-Poderoso e orais com sinceridade, os anjos têm permissão para retirar alguns fardos que carregais na vossa aura e no vosso corpo.

Se nos convidardes, iremos para casa convosco. Ajudar-vos-emos nas situações familiares difíceis e trataremos de tudo que sobrecarrega o vosso coração. Até vos ajudaremos a encontrar um emprego – ou uma vaga para estacionar! Faremos tudo que pedirdes, desde que seja lícito aos olhos de Deus”.[2]

Ver também

Templo da Chama Rosa Cristalina

Torre de Babel

Para o ser cósmico Caridade, ver Caridade, o Ser Cósmico.

Fontes

Mark L. Prophet e Elizabeth Clare Prophet, Os Mestres e os seus retiros, s.v. “Chamuel e Caridade.”

  1. Gn 11:1–9.
  2. Elizabeth Clare Prophet, 10 de março de 1996.