Caridade, o Ser Cósmico

From TSL Encyclopedia
Jump to navigation Jump to search
This page is a translated version of the page Charity, the Cosmic Being and the translation is 100% complete.
Other languages:
English • ‎español • ‎português • ‎русский

Este artigo é sobre o ser cósmico Caridade. Para Arqueia Caridade, ver Chamuel e Caridade.

Existem duas correntes de vida que têm o nome de Caridade. Uma é o ser cósmico Caridade, a outra é uma arqueia, complemento divino de Chamuel, o arcanjo do terceiro raio. A arqueia ajuda o ser cósmico a ampliar a virtude do amor que tudo perdoa.

Foi o ser cósmico Caridade que ditou ao apóstolo Paulo a mensagem sobre caridade, registrada no primeiro livro de Coríntios, capítulo 13:

Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa, ou como o sino que tine.

E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse caridade, nada seria.

E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para o sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse caridade, nada disso me aproveitaria.

A caridade é sofredora, e benigna; a caridade não é invejosa; a caridade não trata com leviandade, não se ensoberbece. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; não folga com as injustiças, mas fala com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

A caridade nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá; porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos; Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado.

Quando eu era menino, falava como menino, pensava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.

Porque agora vemos por espelhos em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido.

Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e a caridade, estas três, mas a maior destas é a caridade.

O último versículo fala dos três seres cósmicos, Fé, Esperança e Caridade, que trabalham em conjunto para ajudarem a humanidade a equilibrar a chama trina e a manifestar as qualidades do Cristo. Embora nas traduções mais recentes da Bíblia, a substituição da palavra caridade pela palavra amor possa elucidar o significado para alguns, elas excluem o nome do importante ser cósmico que ditou a passagem e que, com Fé e Esperança, tem trabalhado a serviço da humanidade, desde a primeira era de ouro.

O amor é o poder coesivo do universo e a chave para todo homem ascender na luz. A caridade é consequência do amor, é a aplicação prática do amor na sociedade. A palavra caridade, associada ao respectivo padrão eletrônico, amplia o sentimento de perdão por meio da gratidão e da aceitação do Cristo que vive em todos. Reconhecer o Cristo por meio da chama da Caridade permite-nos não somente perdoar, mas também amar. Portanto, o amor é a consequência da caridade e não um sinônimo. O seu significado interior é o ritual de concordância de Alfa, ou a correção de todas as coisas por meio do acorde, ou da harmonia cósmica de Alfa, o princípio.

Ver também

Fé, Esperança e Caridade

Fontes

Mark L. Prophet e Elizabeth Clare Prophet, Os Mestres e os seus retiros, s.v. “Caridade, o Ser Cósmico.”