Hélios e Vesta

From TSL Encyclopedia
Jump to navigation Jump to search
This page is a translated version of the page Helios and Vesta and the translation is 100% complete.
Other languages:
English • ‎español • ‎português
Mosaico representando Hélios, cúpula do hall de entrada do banho Széchenyi, Budapeste. A mitologia grega descreve Hélios dirigindo uma carruagem de ouro puxada por quatro cavalos.

Hélios é o Deus deste sistema solar e habita no coração do sol físico. Com a sua chama gêmea, Vesta, ele representa a Divindade para os que evoluem nos planetas que gravitam em torno do sol. É a sua consciência divina que sustenta o nosso sistema solar físico.

Hélios, Senhor do Alvorecer e e Vesta, Mãe dos Ciclos Eternos, são conhecidos como Divindades Solares Dirigentes e representantes do Deus Pai-Mãe, no Sol por detrás do sol deste sistema solar. Hélios serve no raio dourado e a sua chama gêmea, Vesta, no rosa. Eles representam, dentro das doze hierarquias solares, de Áries, a linha três do relógio cósmico, para as evoluções deste sistema. É a linha do Filho de Deus, o Filho Unigênito, na qual a Presença Solar de Hélios e dos mensageiros do Grande Sol Central focalizam a qualidade do controle divino, que amplificam com o poder do Magneto do Grande Sol Central. Esse Magneto é o controle divino do fluxo de vida através de nós, o fluxo de energia do Logos. É a qualidade que precisamos manifestar sob a direção da hierarquia de Áries.

Os gregos antigos conheciam Hélios como Deus do Sol. Na mitologia romana, Vesta era cultuada como a Deusa do Lar e os gregos chamavam-na Héstia. Casas e cidades, romanas e gregas, mantinham uma fogueira perpétua em sua homenagem. Em Roma, o fogo sagrado no templo de Vesta era alimentado por seis sacerdotisas, as virgens vestais.

O amado Hélios disse-nos que:

Assim como as marés fluem e refluem, as marés do sol eterno irradiam-se em ciclos que se repetem constantemente. Quando a maré da Grande Luz Solar avança e se derrama no vosso mundo, Deus está transmitindo a Sua graça e as suas dádivas. Quando a maré recua, é a vossa vez de enviar-Lhe gratidão e mostrar-Lhe que desejais ser uma parte essencial d’Ele mesmo. Os que estão ávidos de receber a luz que chega com exuberância, alegria e poder, geralmente não reconhecem os momentos em que a vida parece não estar com eles... como os momentos em que Deus lhes pede para Lhe enviarem amor e súplicas”.[1]

Ver também

Templo do Sol de Hélios e Vesta

Fontes

Mark L. Prophet e Elizabeth Clare Prophet, Os Mestres e os seus retiros, s.v. “Hélios e Vesta.”

  1. Hélios, The God Behind the Physical Sun (O Deus por Detrás do Sol Físico) parte 2, Pérolas de Sabedoria, vol. 13, n° 30, 26 de julho de 1970.