Lótus

From TSL Encyclopedia
Jump to navigation Jump to search
This page is a translated version of the page Lotus and the translation is 100% complete.
Other languages:
English • ‎español • ‎português
Edna Ballard

A Mestra Ascensa Lótus encarnou, pela última vez, como Edna Ballard, mensageira de Saint Germain na Atividade do EU SOU, fundada no início de 1930. Sua chama gêmea, o mensageiro Guy W. Ballard, é hoje o Mestre Ascenso Godfre. Foi por seu intermédio que Saint Germain liberou o conhecimento da chama violeta para o mundo.

Encarnações

Era de ouro no deserto do Saara

Artígo principal: Era de ouro no deserto do Saara

Há mais de cinquenta mil anos, Lótus, Godfre e seu filho, Donald, encarnaram como filhos de Saint Germain, que era o hierarca de uma civilização de era de ouro e vivia na região onde hoje se encontra o deserto do Saara.

Joana D'Arc

Artígo principal: Joana D'Arc

Posteriormente, Lótus encarnou como Joana D’Arc (1412-1431), que recebeu de Deus a missão de reorganizar o exército francês e expulsar as forças inglesas invasoras.

Rainha Elizabeth I, autor desconhecido (c. 1575)

Últimas encarnações

Lótus também encarnou como Elizabeth I, da Inglaterra (1533-1603), e como Benjamin Franklin (1706-1790), que teve um papel de destaque na fundação da nação americana.

Sua encarnação final

Edna Ballard, chamada muitas vezes de Mamã Ballard por seus alunos, adotou o pseudônimo de Lótus Ray King. Ela passou por enormes dificuldades e perseguições no período em que foi Mensageira. Um ano após a ascensão de Godfre (1940), na cidade de Los Angeles (Califórnia – EUA ), a senhora Ballard, seu filho Donald e outras pessoas foram acusadas pelo governo americano de operar um esquema fraudulento de levantamento de fundos usando os correios. Apesar das objeções enérgicas do advogado de defesa, um júri recebeu a tarefa de decidir se os Ballards acreditavam realmente no que ensinavam e escreviam sobre o cargo de Mensageiros que desempenhavam e sobre os mestres ascensos.

Num período de seis anos, os Ballards foram submetidos a dois julgamentos e a uma série de apelações. A certa altura, Edna Ballard foi considerada culpada, sentenciada a passar um ano na prisão e a pagar multa de US$ 8.000,00. Mais tarde, a sentença foi suspensa. Logo depois, o Departamento de Correios expediu uma ordem que impedia a Atividade do EU SOU de usar os seus serviços. Apesar da oposição da mídia e do extremo preconceito do sistema de justiça penal, Edna Ballard e os seus alunos continuaram lutando. O resultado dos seus esforços foi positivo, pois a Suprema Corte dos Estados Unidos rejeitou a condenação de que haviam sido vítimas em 1946. O parecer do caso tem sido citado em outros processos com o objetivo de suspender investigações judiciais que visam esquadrinhar a verdade ou a mentira das crenças religiosas.

A Mestra Ascensa Magda referiu-se ao serviço prestado pelos Ballards e a perseguição que sofreram. Segundo ela, não teríamos a oportunidade de fazer os decretos de chama violeta e ascender “se Saint Germain, Godfre e Lótus não estivessem dispostos a sofrer uma perseguição implacável, o julgamento e as mentiras que os jornais publicaram sobre o Movimento do EU SOU. Vós também fostes perseguidos no vosso tempo, mas a época do Movimento do EU SOU foi terrível e sem precedentes”.[1]269

Em 18 de novembro de 1970, antes de fazer a transição, Edna Ballard transmitiu seu último ditado. Em 12 de fevereiro de 1971, ela ascendeu e tornou-se a Mestra Ascensa Lótus.

Sua missão hoje

Em 1973, Lótus falou sobre o serviço que prestou e sobre a missão dos atuais Mensageiros:

Alguns de vós, aqui presentes, conhecestes-me na minha última encarnação. Chamáveis-me Mamã. Eu gostaria que vos dirigísseis à Mãe da Chama da mesma forma, pois, nesta noite, transfiro para ela o meu momentum de vitória com as legiões da luz e entrego-lhe o manto da minha autoridade e do meu cargo de Mensageira sob a direção de Saint Germain.

Agora falo diretamente aos estudantes que estiveram comigo na Atividade do EU SOU: apesar de toda evidência contrária ou de qualquer coisa que os meus lábios tenham pronunciado quando ainda estava encarnada, eu aceito e apoio, com toda a chama do meu coração, esta atividade e esta Mensageira como sendo o posto-avançado e a transmissora da Grande Fraternidade Branca e de Saint Germain, para esta era.

Pois, em níveis ascensos de consciência, compreendo a natureza continuadora da Hierarquia. E embora sejam apenas dois os Mensageiros da Fraternidade, eles ocupam o cargo das duas testemunhas mencionadas no Livro do Apocalipse. Este é um chamamento sagrado e elevado para o qual chamas gêmeas são ordenadas em todas as eras.

Assim como existe apenas um Cristo, mas muitas manifestações do cargo de Cristo, existem muitos cargos na Hierarquia e a oportunidade de servir nessas posições é dada aos filhos de Deus, ascensos e não ascensos, à medida que evoluem no plano hierárquico da Grande Fraternidade Branca.[2]

Ver também

Godfre

Fontes

Mark L. Prophet e Elizabeth Clare Prophet, Os Mestres e os seus retiros, s.v. “Lótus.”

  1. Magda, Transmute the Past and the Future (Transmutai o Passado e o Futuro), Pérolas de Sabedoria, vol. 40, nº 36, 7 de setembro de 1997.
  2. Lótus, The Mantle of My Authority (O Manto da Minha Autoridade), Pérolas de Sabedoria, vol. 17, nº 2, 3 de janeiro de 1974.