Magda

From TSL Encyclopedia
Jump to navigation Jump to search
This page is a translated version of the page Magda and the translation is 100% complete.
Other languages:
English • ‎español • ‎português
A Conversão de Maria Madalena, Paolo Veronese (c. 1548)

A Mestra Ascensa Magda é a chama gêmea de Jesus. A sua devoção ao Cristo, e particularmente ao Mestre Jesus, deu-lhe condições para desenvolver um enorme momentum do poder de cura de Jesus. Magda carrega a chama da esperança para todos que desejam superar as tentações do mundo.

Dois mil anos após a ascensão da sua chama gêmea, Magda ascendeu do retiro de Luxor, onde, desde a sua encarnação final como a evangelista Aimee Semple McPherson (1890-1944), era tida como iniciada.

Encarnações

Maria Madalena

Magda encarnou como Maria Madalena, de quem Jesus expulsou sete demônios. A sua vitória comprova que todos que desejam ser verdadeiramente livres são dignos de receber o amor imenso do Mestre e, em nome dele, invocar o poder de Deus que expulsa os espíritos impuros que ganharam espaço no templo do ser. A Terra é uma escola na qual as evoluções de outros planetas e sistemas solares têm a possibilidade de contemplar o notável milagre da ascensão dos que desceram às profundezas da própria degradação, antes de reconhecerem o Cristo e, em seguida, estabeleceram o propósito de, com ele, superar todo momentum negativo que causou a queda do homem ou da mulher.

Últimas encarnações

Em 1974, Magda falou sobre suas encarnações finais:

Eu percebi, como na manhã de Páscoa, quando ele veio a mim e no período de comunhão no Cenáculo,[1]que sua mensagem continha não apenas a liberação em palavras, mas também o potencial de vitória. E percebi que, como ele havia sido o salvador da minha alma, da minha vida, eu também poderia ser esse instrumento. Como um eletrodo gigante, eu conseguia focar a chama do Cristo e expandí-la para todas as gerações. E assim me foi concedido renascer repetidamente neste serviço.

Em cada vida que se seguiu, guardei a memória daquele momento precioso, daquela experiência em que a escuridão fugiu e a luz encheu meu corpo. E descobri que a prova do Senhor foi feita para eu dominar, como ele dominava, cada um dos centros do ser. Os Senhores do Carma me deram uma vida inteira para cada um desses centros, a fim de alançar mestria e vitória. Isso foi para que eu pudesse produzir os frutos da vitória em todos os sete raios para o glorioso retorno da ascensão.[2]

Aimee Semple McPherson

Aimee Semple McPherson

Artígo principal: Aimee Semple McPherson

A biografia de Aimee mostra que ela viveu intensamente a serviço de Deus. No mundo inteiro, ela pregou com entusiasmo a mensagem de cura e salvação deixada por Jesus. Milhares de pessoas frequentavam os encontros de renascimento nos quais eram arrebatadas pela devoção sublime que Aimme devotava ao Senhor.

Em 1917, Aimee começou a publicar uma revista mensal, Bridal Call, que ela escrevia e editava na estrada, enquanto levava o seu ministério de cidade em cidade. Em 1919, antes de um sermão em Baltimore (Maryland – EUA ), Jesus deu-lhe a seguinte explicação sobre esse ministério: “Quando colocares as tuas mãos sobre eles, colocarei as minhas mãos sobre as tuas. E durante todo tempo em que ali estiveres, estarei bem atrás de ti. E, quando proferires a Palavra, derramarei o poder do Espírito Santo. És simplesmente como o bocal de um telefone. És a tecla de uma máquina de escrever. És apenas a boca por meio da qual o Espírito Santo fala”.

Em Oakland (Califórnia – EUA), em julho de 1922, Aimee apresentou o sermão “A Visão de Ezequiel” e foi inspirada por Jesus a transmitir as suas mensagens como “O Evangelho Quadrangular” de Jesus, o Salvador; de Jesus, o que batiza com o Espírito Santo; de Jesus, o Curador; e de Jesus, o Rei Esperado. Em 1° de janeiro de 1923, ela inaugurou a sua sede internacional, o Templo Angelus, em Los Angeles (EUA). Lá, ela pregou para milhares de pessoas, algumas vezes usando trajes que combinavam com o tema do sermão. Por exemplo, para o sermão sobre “A Lei de Deus”, ela vestiu uma farda policial. De 1923 a 1926, ela permaneceu perto do Templo Angelus. Também inaugurou a Prayer Tower, que funcionava durante as vinte e quatro horas do dia; o LIFE (Lighthouse of International Foursquare Evangelism) Bible College e a sua estação de rádio, a KFSG (Kall Four Square Gospel).[3]

Durante todo o seu ministério, a senhora McPherson foi muito perseguida e enfrentou sozinha enormes desafios. Mas ela vivia antecipando o dia em que Jesus a receberia como a noiva esperada. Aimee ascendeu no final dessa vida e, em 22 de novembro de 1990, quarenta e cinco anos após a transição, Jesus Cristo anunciou que Magda havia finalmente equilibrado 100% do seu carma.

Reflexões sobre sua vida como Aimee

Posteriormente, a Mestra Ascensa Magda falou sobre esse episódio e a vida de Aimee:

Regozijo-me por ter vivido anos tão árduos, durante os quais equilibrei carma. Aqueles foram anos realmente difíceis, porque não adotei a chama violeta, que fora liberada enquanto eu servia na Califórnia (EUA).

Por isso, apesar do amor que dedicava a Jesus e do serviço que prestava ao redor do mundo, viajando de navio para a Austrália, e para outros locais distantes do planeta, quando atravessei a tela da vida, eu ainda tinha carma para enfrentar. Foi então que vi, compreendi e aceitei a chama violeta.

E, por muitas décadas, precisei aplicar a chama violeta, tanto na minha vida passada imediata como em muitas vidas anteriores. Isso só aconteceu por que não tive a oportunidade de conhecer a chama violeta enquanto estava encarnada. O clero cristão – católico e protestante – jamais aceitou Saint Germain ou a dádiva da chama violeta e, por isso, nunca a ensinou.

Sabeis que eu servia no Templo Angelus, em Los Angeles (EUA), na mesma época que Guy e Mama Ballard pregavam e divulgavam os ensinamentos sobre a chama violeta?

Como é trágico o fato de muitos permanecerem presos à ortodoxia de tal modo que não conseguem abrir as suas mentes e ver a radiação da chama violeta que permeia a aura dos santos oriundos do Movimento do EU SOU e que ascenderam, justamente porque aceitaram a chama violeta de Saint Germain!

Por isso, direi repetidamente: Como é maravilhoso invocar a chama violeta enquanto estais na Terra! Como é maravilhoso projetar a chama violeta no passado distante e no futuro longínquo! Como é maravilhoso a chama violeta poder salvar tantas almas, aliviar-lhes o fardo e levá-las ao ponto em que puderam fazer a ascensão![4]

A missão de Jesus e Magda

Jesus e Magda explicaram que:

a cada dois mil anos, trazemos uma mensagem profunda e sacrificamos as nossas próprias vidas para nos aproximarmos das vossas chamas gêmeas, para persuadir-vos a voltar para os templos magníficos da Fraternidade e para a Escola de Maitreya.

Precisais compreender que os vossos pais, e mesmo Adão e Eva, representam, de certa forma, o padrão arquetípico de muitas chamas gêmeas que abandonaram a Escola de Mistérios, atraídas pela tentação de obter ganhos extraordinários e domínio nos âmbitos político, social e econômico apresentados por Serpente, representando grupos de anjos escribas e sofistas que se apresentam como sábios verdadeiros do Oriente, mas não o são.

Vede, portanto, que estareis sempre expostos à tentação de dominardes mais um ciclo de conhecimento mundano, que é visto como a chave para a iluminação, a chave para a solução dos problemas do mundo.

Amados corações, em muitos milhares de anos o ser humano adquiriu grande conhecimento, avançou na ciência e nas invenções, mas conseguiu salvar o mundo da autodestruição? Descobriu a essência da vida e do ser? Reconheceu a longuíssima história de milhões de anos de tentativas para solucionar os problemas da equação da Matéria sem, sans, a veste do templo etérico...

Magda e eu, e a nossa Mãe, [a Virgem Maria] conosco, deliberamos acerca dos frutos mais elevados e melhores da nossa sabedoria e da nossa experiência que poderíamos conceder-vos, vendo, como podemos ver, a longa e contínua evolução da vossa alma e tudo com que nos deparamos. Seres abençoados, se não tivesse sido tão atraiçoada, hoje a Terra estaria vivendo uma era de ouro e caminharíeis como mestres entre os homens.

Eis o nosso compromisso e a nossa dádiva: que aqueles que perceberem divisões nos seus membros, que os fazem debater de um lado para o outro – como foi dito de maneira tão compreensiva, pessoal e tocante pelo apóstolo Paulo – podem invocar-nos e pedir a transferência de uma espiral de fogo.

Registrai essa expressão, espiral de fogo – a minha espiral e a da amada Magda, representando o Alfa e o Ômega. Quando elas se combinam, formam o caduceu divino. Ambas as espirais são de ouro. São como um fio do mais puro ouro, de qualidade refinada e sem liga, que visualizais.

Entrelaçadas, as espirais de ouro reluzentes como o fogo do sol formam o caduceu de Alfa e Ômega, que não é grande. O seu tamanho é suficiente para envolver uma coluna vertebral, da base até à coroa.

Aqueles que desejam, sinceramente, ultrapassar a noite escura, o plano astral do próprio carma e os momentuns descendentes; os que desejam transmutar tudo isso prestando serviço divino e por meio do discipulado, e os que fizerem o voto de obediência, de castidade e de pobreza, podem solicitar essa dádiva. Nós concedê-la-emos.

Amados corações, por meio da espiral de ouro – a espiral de fogo – e seguindo a senda do noviciado, do santo irmão e da santa irmã da ordem divina, podeis alcançar, pela espiral e pelo serviço, aquele ponto da transmutação dos elementos do ser que seguem para todas as direções, tal qual cavalos que cavalgam em direções opostas e não se submetem à disciplina do cocheiro.[5]

Podemos invocar a Mestra Magda. Ela viveu na Terra e conhece a via dolorosa, o caminho da dor. E caminhou ao nosso lado durante muitos séculos. Magda diz que ela está apenas alguns passos à nossa frente, na senda da vida. A caridade de Magda é ilimitada. Ela pode ajudar-nos a estabelecer um relacionamento com o amado Jesus, a sua chama gêmea. Podemos invocar especificamente o seu momentum e a sua capacidade de se elevar rapidamente do estado mais baixo de consciência para o mais alto, abandonar o que é humano, com os seus conceitos de bem e de mal, e abraçar o Cristo, que permanece no centro do templo do ser de todos. Com fé absoluta nas palavras do Mestre, “os teus pecados te são perdoados”, ela carrega a tocha de esperança para todos os que buscam o caminho mais elevado.

Retiro

Artígo principal: Templo da Ressurreição

Magda serve com Jesus e Maria, a partir do Templo da Chama da Ressurreição.

Ver também

Jesus

Jesus e Maria Madalena

Fontes

Mark L. Prophet e Elizabeth Clare Prophet, Os Mestres e os seus retiros, “Magda.”

  1. João 20: 11–23; Atos 1: 12-14; 2: 1–12.
  2. Magda “Toda energia é destinada a retornar a Deus” Pérolas de Sabedoria, vol. 61, nº 13, 1 de abril de 2018.
  3. Para mais informações sobre Aimee e sua vida, veja Aimee Semple MacPherson, This is That, Nova York: Garland, 1985; Aimee: Life Story of Aimee Semple MacPherson, Los Angeles: Foursquare Publications, 1989.
  4. Magda, Transmute the Past and the Future (Transmutai o Passado e o Futuro), Pérolas de Sabedoria, vol. 40, nº 36, 7 de setembro de 1997.
  5. Jesus e Magda, A Torch of Responsability (Uma Tocha de Responsabilidade), Pérolas de Sabedoria, vol. 27, nº 62, 26 de dezembro de 1984.