Changes

Jump to navigation Jump to search
no edit summary
Line 19: Line 19:  
{{Main-pt|Abraham|Abraão}}
 
{{Main-pt|Abraham|Abraão}}
   −
El Morya esteve encarnado como [[Special:MyLanguage/Abraham|Abraão]] (2100 a.C.), o primeiro patriarca hebreu, o protótipo e progenitor das [[Special:MyLanguage/twelve tribes of Israel|doze tribos de Israel]]. O Judaísmo, o Cristianismo e o Islamismo têm sua origem em Abraão. Embora os eruditos tenham assumido que ele era uma figura mítica ou um semita nômade ou seminômade, as descobertas arqueológicas desde a Primeira Guerra Mundial corroboram o retrato de Abraão traçado pela Bíblia.
+
El Morya encarnou como [[Special:MyLanguage/Abraham|Abraão]] (2100 a.C.), o primeiro patriarca hebreu, o protótipo e progenitor das [[Special:MyLanguage/twelve tribes of Israel|doze tribos de Israel]]. O Judaísmo, o Cristianismo e o Islamismo têm sua origem em Abraão. Embora os eruditos tenham assumido que ele era uma figura mítica ou um semita nômade ou seminômade, as descobertas arqueológicas desde a Primeira Guerra Mundial corroboram o retrato de Abraão traçado pela Bíblia.
    
Em resposta ao chamado do S<small>ENHOR</small>, Abraão deixou [[Special:MyLanguage/Ur|Ur]], a principal cidade da Suméria, abandonando a cultura e os cultos da Mesopotâmia em uma época em que aquela civilização estava no auge. O S<small>ENHOR</small> disse-lhe para se dirigir à terra que Ele lhe mostraria e prometeu torná-la uma grande nação. O Livro do Gênesis descreve Abraão como um homem que possuía um grande rebanho, comandava um exército privado e era reconhecido pelos chefes-líderes vizinhos como um príncipe poderoso.
 
Em resposta ao chamado do S<small>ENHOR</small>, Abraão deixou [[Special:MyLanguage/Ur|Ur]], a principal cidade da Suméria, abandonando a cultura e os cultos da Mesopotâmia em uma época em que aquela civilização estava no auge. O S<small>ENHOR</small> disse-lhe para se dirigir à terra que Ele lhe mostraria e prometeu torná-la uma grande nação. O Livro do Gênesis descreve Abraão como um homem que possuía um grande rebanho, comandava um exército privado e era reconhecido pelos chefes-líderes vizinhos como um príncipe poderoso.
Line 29: Line 29:  
=== Melchior ===
 
=== Melchior ===
   −
{{Main-pt|Melchior}}
+
{{Main-pt|Melchior|Melchior}}
    
Retornando como Melchior, um dos [[Special:MyLanguage/Three Wise Men|três Reis Magos]] do Oriente, ele seguiu a estrela que anunciava o nascimento do melhor de sua semente, que realizaria todas as promessas de Deus a seus descendentes espirituais. O Mestre disse:  
 
Retornando como Melchior, um dos [[Special:MyLanguage/Three Wise Men|três Reis Magos]] do Oriente, ele seguiu a estrela que anunciava o nascimento do melhor de sua semente, que realizaria todas as promessas de Deus a seus descendentes espirituais. O Mestre disse:  
Line 39: Line 39:  
{{Main-pt|King Arthur|Rei Artur}}
 
{{Main-pt|King Arthur|Rei Artur}}
   −
Como o Rei Artur (século cinco), guru da [[Special:MyLanguage/mystery school|escola de mistérios]] de Camelot, guardou os ensinamentos internos. Reuniu os cavaleiros da Távola Redonda e as damas da corte para buscar o [[Special:MyLanguage/Holy Grail|Santo Graal]] e atingir, por meio de [[Special:MyLanguage/initiation|iniciações]], os mistérios do Cristo. Enquanto usou a coroa, união, ordem e paz prevaleceram na Inglaterra. [[Special:MyLanguage/Saint Germain|Saint Germain]] estava encarnado como Merlin, conselheiro mistico do Rei Artur e seus cavalheiros da busca do Graal.  
+
Como o Rei Artur (século cinco), guru da [[Special:MyLanguage/mystery school|escola de mistérios]] de Camelot, guardou os ensinamentos internos. Reuniu os cavaleiros da [[Special:MyLanguage/Round Table|Távola Redonda]] e as damas da corte para buscar o [[Special:MyLanguage/Holy Grail|Santo Graal]] e atingir, por meio de [[Special:MyLanguage/initiation|iniciações]], os mistérios do Cristo. Enquanto usou a coroa, união, ordem e paz prevaleceram na Inglaterra. [[Special:MyLanguage/Saint Germain|Saint Germain]] estava encarnado como [[Special:MyLanguage/Merlin|Merlin]], conselheiro mistico do Rei Artur e seus cavalheiros da busca do Graal.  
    
[[File:De Grey Hours f.28.v St. Thomas of Canterbury.jpg|thumb|upright=0.6|alt=caption|O martírio de Thomas Becket, de um Livro das Horas medieval (c.1390)]]
 
[[File:De Grey Hours f.28.v St. Thomas of Canterbury.jpg|thumb|upright=0.6|alt=caption|O martírio de Thomas Becket, de um Livro das Horas medieval (c.1390)]]
 +
    
=== Thomas Becket ===
 
=== Thomas Becket ===
Line 60: Line 61:  
{{Main-pt|Thomas More|Thomas More}}
 
{{Main-pt|Thomas More|Thomas More}}
   −
Morya também esteve encarnado como Sir Thomas More (1478-1535), o “homem para todas as estações”. A profunda devoção de More a Deus fez com que prezasse a sua vocação religiosa e praticasse uma extraordinária austeridade, durante mais de quatro anos, para testar a sua
+
Morya também encarnou como Sir Thomas More (1478-1535), o “homem para todas as estações”. A profunda devoção de More a Deus fez com que prezasse a sua vocação religiosa e praticasse uma extraordinária austeridade, durante mais de quatro anos, para testar a sua
 
autodisciplina. No entanto, decidiu casar e a sua esposa e os quatro filhos foram a sua grande alegria e único consolo nos dias difíceis que enfrentou. A sua famosa propriedade em Chelsea abrigava toda a família, inclusive os 11 netos.  
 
autodisciplina. No entanto, decidiu casar e a sua esposa e os quatro filhos foram a sua grande alegria e único consolo nos dias difíceis que enfrentou. A sua famosa propriedade em Chelsea abrigava toda a família, inclusive os 11 netos.  
   Line 69: Line 70:  
Henrique VIII. Apesar de todas as honrarias e realizações, More não buscava a estima dos homens; era conhecido pela sua presteza, eficiência e justiça imparcial. Continuou sensível às necessidades das pessoas comuns e caminhava diariamente pelas ruas estreitas de Londres para indagar sobre a vida dos pobres.
 
Henrique VIII. Apesar de todas as honrarias e realizações, More não buscava a estima dos homens; era conhecido pela sua presteza, eficiência e justiça imparcial. Continuou sensível às necessidades das pessoas comuns e caminhava diariamente pelas ruas estreitas de Londres para indagar sobre a vida dos pobres.
   −
Sir Thomas devotou-se ao cumprimento dos seus deveres com o maior zelo até que Henrique, necessitado de um herdeiro para o trono, que não tinha, declarou nulo o seu casamento com Catarina de Aragão e anunciou a sua intenção de desposar Ana Bolena. Como o divórcio foi realizado sem a aprovação papal e em direta oposição às leis da Igreja, More recusou-se a apoiar a decisão do rei.  
+
Sir Thomas devotou-se ao cumprimento dos seus deveres com o maior zelo até que Henrique, necessitado de um herdeiro para o trono, que não tinha, declarou nulo o seu casamento com Catarina de Aragão e anunciou a sua intenção de desposar Ana Bolena. Como o [[Special:MyLanguage/Divorce|divórcio]] foi realizado sem a aprovação papal e em direta oposição às leis da Igreja, More recusou-se a apoiar a decisão do rei.  
    
Em 1532, no auge da carreira, renunciou ao seu cargo e retirou-se para Chelsea onde, profundamente preocupado com as heresias da revolta de Lutero, continuou a escrever em defesa da fé católica. Sem amigos e sem cargo, More e a sua família viveram na maior pobreza. No entanto, Henrique sentiu-se insultado pela desaprovação pública expressa pelo Chanceler e procurou difamá-lo para restaurar a sua imagem real.
 
Em 1532, no auge da carreira, renunciou ao seu cargo e retirou-se para Chelsea onde, profundamente preocupado com as heresias da revolta de Lutero, continuou a escrever em defesa da fé católica. Sem amigos e sem cargo, More e a sua família viveram na maior pobreza. No entanto, Henrique sentiu-se insultado pela desaprovação pública expressa pelo Chanceler e procurou difamá-lo para restaurar a sua imagem real.
Line 91: Line 92:  
{{Main-pt|Thomas Moore|Thomas Moore}}
 
{{Main-pt|Thomas Moore|Thomas Moore}}
   −
Foi também Thomas Moore, o poeta irlandês (1779-1852) que escreveu diversas baladas e é lembrado especialmente por Believe Me If All Those Endearing Young Charms. Até hoje a canção evoca o poder do seu intenso amor pela vontade de Deus como representante do bem mais elevado – a imagem imaculada de toda alma, que não se deixa afetar pelo peso do mundo.
+
Foi também Thomas Moore, o poeta irlandês (1779-1852) que escreveu diversas baladas e é lembrado especialmente por "Believe Me If All Those Endearing Young Charms". Até hoje a canção evoca o poder do seu intenso amor pela vontade de Deus como representante do bem mais elevado – a imagem imaculada de toda alma, que não se deixa afetar pelo peso do mundo.
    
=== El Morya Khan ===
 
=== El Morya Khan ===
Line 119: Line 120:  
<blockquote> Meu serviço continua no Retiro da Fraternidade em Darjeeling, onde estou aconselhando, com outros irmãos da vontade de Deus, tantas das evoluções da Terra que servem nos governos das nações, que servem como professores, cientistas e músicos, e aqueles que controlam o fluxo da vontade de Deus que é  o poder, que é a abundância de suprimentos. A vontade de Deus é aplicada em todos os níveis do empreendimento humano, pois a vontade de Deus é a matriz de todo projeto. É o fundamento de toda tarefa. É o esqueleto do vosso corpo. É energia física. É fogo etérico. A vontade de Deus é o diamante ardente em vosso coração.<ref>El Morya, “Despertar a América para um Propósito Vital”, 16 de abril de 1976, em {{LSR-pt}}, livro 2, capítulo 2.</ref></blockquote>
 
<blockquote> Meu serviço continua no Retiro da Fraternidade em Darjeeling, onde estou aconselhando, com outros irmãos da vontade de Deus, tantas das evoluções da Terra que servem nos governos das nações, que servem como professores, cientistas e músicos, e aqueles que controlam o fluxo da vontade de Deus que é  o poder, que é a abundância de suprimentos. A vontade de Deus é aplicada em todos os níveis do empreendimento humano, pois a vontade de Deus é a matriz de todo projeto. É o fundamento de toda tarefa. É o esqueleto do vosso corpo. É energia física. É fogo etérico. A vontade de Deus é o diamante ardente em vosso coração.<ref>El Morya, “Despertar a América para um Propósito Vital”, 16 de abril de 1976, em {{LSR-pt}}, livro 2, capítulo 2.</ref></blockquote>
   −
The diamond-shining mind of God is the very heart of any endeavor. Public servants, world and community leaders, and holders of public office are schooled between embodiments and in their finer bodies during sleep to renew the charge of Morya’s thrust for a purpose and to refresh their understanding of the intricacies of the will of God in politics, in [[religion]], in business, and in education. Ascended and unascended masters and their chelas meet at Morya’s retreat frequently to discuss national and international problems and the means to their solution. It was here that Ascended Master El Morya received President John F. Kennedy after his passing in 1963.  
+
A mente brilhante de Deus é o coração de qualquer empreendimento. Funcionários públicos, líderes mundiais e comunitários e detentores de cargos públicos são instruídos, entre encarnações e em seus corpos mais refinados durante o sono, para renovar o ímpeto de Morya para um propósito e atualizar sua compreensão dos meandros da vontade de Deus na política, na religião, nos negócios e na educação. Mestres ascensos e não ascensos e seus chelas se reúnem no retiro de Morya frequentemente para discutir problemas nacionais e internacionais e os meios para sua solução. Foi aqui que o Mestre Ascenso El Morya recebeu o Presidente John F. Kennedy após sua morte em 1963.  
    
=== A Fundação da The Summit Lighthouse ===
 
=== A Fundação da The Summit Lighthouse ===
   −
During the 1920s and 1930s the Ascended Master El Morya worked with [[Nicholas Roerich|Nicholas and Helena Roerich]], who set forth his writings in numerous published works.  
+
Nas décadas de 1920 e 1930, o Mestre Ascenso El Morya trabalhou com [[Special:MyLanguage/Nicholas Roerich|Nicholas e Helena Roerich]], que publicaram seus escritos em numerosas obras.  
    
El Morya fundou a The Summit Lighthouse em 1958 em Washington, D.C., com o propósito de publicar os ensinamentos dos mestres ascensos transmitidos aos mensageiros Mark e Elizabeth Prophet, continuando seu trabalho de tantas encarnacoes pelo estabelecimento do conceito de um governo divino na Terra.
 
El Morya fundou a The Summit Lighthouse em 1958 em Washington, D.C., com o propósito de publicar os ensinamentos dos mestres ascensos transmitidos aos mensageiros Mark e Elizabeth Prophet, continuando seu trabalho de tantas encarnacoes pelo estabelecimento do conceito de um governo divino na Terra.
   −
O chamado dos mensageiros manifestou-se em múltiplos esforços patrocinados pelo Conselho de Darjeeling: o estabelecimento da ordem da [[Fraternidade dos Guardiães da Chama]] por Saint Germain em 1961 para dar instruções graduadas em direito cósmico; a fundação de Montessori International por Mãe Maria, Jesus e Kuthumi, com base nos princípios de Maria Montessori e incluindo os ensinamentos dos mestres ascensos; a fundação da [[Summit University]]; e a colocação do selo de Deus sobre [[Igreja Universal e Triunfante]], a escola de mistérios de todos os mestres da Grande Fraternidade Branca e a comunidade de almas ascensas e nao ascensas na senda da iniciação, do Oriente e do Ocidente, em Cristo e Buda.
+
O chamado dos mensageiros manifestou-se em múltiplos esforços patrocinados pelo Conselho de Darjeeling: o estabelecimento da ordem da [[Special:MyLanguage/Keepers of the Flame Fraternity|Fraternidade dos Guardiães da Chama]] por Saint Germain em 1961 para dar instruções graduadas em direito cósmico; a fundação de Montessori International por Mãe Maria, Jesus e Kuthumi, com base nos princípios de Maria Montessori e incluindo os ensinamentos dos mestres ascensos; a fundação da [[Special:MyLanguage/Summit UNiversity|Summit University]]; e a colocação do selo de Deus sobre [[Special:MyLanguage/Church Universal and Triumphant|Igreja Universal e Triunfante]], a escola de mistérios de todos os mestres da Grande Fraternidade Branca e a comunidade de almas ascensas e nao ascensas na senda da iniciação, do Oriente e do Ocidente, em Cristo e Buda.
    
=== Trabalho com Kuthumi e Djwal Kul ===
 
=== Trabalho com Kuthumi e Djwal Kul ===
   −
El Morya disse que, desde 6 de janeiro de 1998, os [[Special:MyLanguage/Three Wise Men|três Reis Magos]] – [[Special:MyLanguage/Kuthumi|Kuthumi]], [[Special:MyLanguage/Djwal Kul|Djwal Kul]] e ele mesmo – nos ensinam as chaves para a senda da [[Special:MyLanguage/ascension|ascensão]] e patrocinam todos os que desejam fazer a ascensão nesta vida. Esses mestres ajudar-nos-ão a equilibrar o nosso [[Special:MyLanguage/karma|carma]] e permanecerão conosco até que determinadas almas-chave tenham ascendido.  
+
El Morya disse que, desde 6 de janeiro de 1998, os [[Special:MyLanguage/Three Wise Men|três Reis Magos]] – [[Special:MyLanguage/Kuthumi|Kuthumi]], [[Special:MyLanguage/Djwal Kul|Djwal Kul]] e ele mesmo – nos ensinam as chaves para a senda da [[Special:MyLanguage/ascension|ascensão]] e patrocinam todos os que desejam fazer a ascensão nesta vida. Esses mestres ajudar-nos-ão a equilibrar o nosso [[Special:MyLanguage/karma|carma]] e permanecerão conosco até que determinadas almas importantes tenham ascendido.  
    
El Morya, Kuthumi e Djwal Kul representam as três plumas da [[Special:MyLanguage/threefold flame|chama trina]] do coração – El Morya a pluma azul; Kuthumi, a amarela; e Djwal Kul a cor-de-rosa. Eles vêm para equilibrar as nossas chamas trinas com as suas. Se seguirmos esses três reis e a estrela da criança Crística, chegaremos à manjedoura do nosso potencial Crístico e da nossa Cristicidade.
 
El Morya, Kuthumi e Djwal Kul representam as três plumas da [[Special:MyLanguage/threefold flame|chama trina]] do coração – El Morya a pluma azul; Kuthumi, a amarela; e Djwal Kul a cor-de-rosa. Eles vêm para equilibrar as nossas chamas trinas com as suas. Se seguirmos esses três reis e a estrela da criança Crística, chegaremos à manjedoura do nosso potencial Crístico e da nossa Cristicidade.
 +
 +
[[File:2008-05-04 at 18-26-44-Forgetmenot-Flower.jpg|thumb|upright|Bem-me-quer]]
    
== Discipulado sob El Morya ==
 
== Discipulado sob El Morya ==
Line 153: Line 156:     
<blockquote> Uma vez que estou prestes a patrocinar milhões de almas para esta organização e esta senda, preciso estar certo de que vós, que estais aqui e sois as fundações desta comunidade ao redor do planeta, me sois fiéis”.<ref>El Morya, Clean House! (Limpai a Casa!), Pérolas de Sabedoria, vol. 38, n° 26, 18 de junho de 1995.</ref></blockquote>  
 
<blockquote> Uma vez que estou prestes a patrocinar milhões de almas para esta organização e esta senda, preciso estar certo de que vós, que estais aqui e sois as fundações desta comunidade ao redor do planeta, me sois fiéis”.<ref>El Morya, Clean House! (Limpai a Casa!), Pérolas de Sabedoria, vol. 38, n° 26, 18 de junho de 1995.</ref></blockquote>  
 +
 +
[[File:El capitan and merced river in Yosemite.jpg|thumb|alt=caption|El Capitan, no Vale Yosemite, Califórnia]]
    
== Retiros de El Morya ==
 
== Retiros de El Morya ==
  −
[[File:El capitan and merced river in Yosemite.jpg|thumb|alt=caption|El Capitan, no Vale Yosemite, Califórnia]]
      
{{main-pt|Temple of Good Will|Templo da Boa Vontade}}
 
{{main-pt|Temple of Good Will|Templo da Boa Vontade}}
Line 171: Line 174:  
[[Special:MyLanguage/Chohans|Chohans]]
 
[[Special:MyLanguage/Chohans|Chohans]]
   −
[[Ashram de El Morya]]
+
[[Special:MyLanguage/El Morya's Ashram|Ashram de El Morya]]
    
== Para mais informações ==
 
== Para mais informações ==
Line 190: Line 193:     
[[Category:Seres celestiais]]
 
[[Category:Seres celestiais]]
      
<references />
 
<references />
1,378

edits

Navigation menu