Changes

Jump to navigation Jump to search
152 bytes removed ,  2 years ago
no edit summary
Line 47: Line 47:  
não adotei a [[Special:MyLanguage/violet flame|chama violeta]], que fora liberada enquanto eu servia na Califórnia (EUA).</blockquote>
 
não adotei a [[Special:MyLanguage/violet flame|chama violeta]], que fora liberada enquanto eu servia na Califórnia (EUA).</blockquote>
   −
<blockquote>Por isso, apesar do amor que dedicava a Jesus e do serviço que prestava ao redor do mundo, viajando de navio para a Austrália, e para outros locais distantes do planeta, quando atravessei a tela da vida, ainda tinha carma para enfrentar. Foi então que vi, compreendi e aceitei a [[Special:MyLanguage/violet flame|chama violeta]]. <ref.>Magda, Transmute the Past and the Future (Transmutai o Passado e o Futuro), Pérolas de Sabedoria, vol. 40, nº 36, 7 de setembro de 1997.</ref.></blockquote>
+
<blockquote>Por isso, apesar do amor que dedicava a Jesus e do serviço que prestava ao redor do mundo, viajando de navio para a Austrália, e para outros locais distantes do planeta, quando atravessei a tela da vida, ainda tinha carma para enfrentar. Foi então que vi, compreendi e aceitei a [[Special:MyLanguage/violet flame|chama violeta]].</blockquote>
    
<blockquote>E, por muitas décadas, precisei aplicar a chama violeta, tanto na minha vida passada imediata como em muitas vidas anteriores. Isso só aconteceu por que não tive a oportunidade de conhecer a chama violeta enquanto estava encarnada. O clero cristão – católico e protestante – jamais aceitou [[Special:MyLanguage/Saint Germain|Saint Germain]] ou a dádiva da chama violeta e, por isso, nunca a ensinou.</blockquote>
 
<blockquote>E, por muitas décadas, precisei aplicar a chama violeta, tanto na minha vida passada imediata como em muitas vidas anteriores. Isso só aconteceu por que não tive a oportunidade de conhecer a chama violeta enquanto estava encarnada. O clero cristão – católico e protestante – jamais aceitou [[Special:MyLanguage/Saint Germain|Saint Germain]] ou a dádiva da chama violeta e, por isso, nunca a ensinou.</blockquote>
14,123

edits

Navigation menu