Difference between revisions of "Buddha of the Ruby Ray/pt"

From TSL Encyclopedia
Jump to navigation Jump to search
(Created page with "O Buda do Raio Rubi presenteou-nos com uma gota desse raio que, segundo ele, só conseguiremos preservar se mantivermos acesa a chama do amor interno e da harmonia. Ele disse:")
 
(8 intermediate revisions by 3 users not shown)
Line 4: Line 4:
 
O [[Special:MyLanguage/ruby ray|raio rubi]] é uma ação intensa do amor divino. O ser denominado '''Buda do Raio Rubi''' possui a mestria búdica dessa ação intensa de amor divino.  
 
O [[Special:MyLanguage/ruby ray|raio rubi]] é uma ação intensa do amor divino. O ser denominado '''Buda do Raio Rubi''' possui a mestria búdica dessa ação intensa de amor divino.  
  
Ele foi enviado há muito tempo por [[Special:MyLanguage/Sanat
+
Ele foi enviado há muito tempo por [[Special:MyLanguage/Sanat Kumara|Sanat Kumara]] e [[Special:MyLanguage/Gautama Buddha|Gautama Buda]] para habitar a câmara secreta de Deus, no coração da Terra. Em 1988, o Buda do Raio Rubi falou sobre a sua aceitação dessa tarefa:
Kumara|Sanat Kumara]] e [[Special:MyLanguage/Gautama Buddha|Gautama Buda]] para habitar a câmara secreta de Deus, no coração da Terra. Em 1988, o Buda do Raio Rubi falou sobre a sua aceitação dessa tarefa:
 
  
 
<blockquote>Relembrai agora o dia em que me vistes, quando deixei [[Special:MyLanguage/Shamballa|Shamballa]]. Todos me olharam quando, com um cajado na mão, um foco do raio rubi em volta do pescoço, entrei numa caverna e comecei a caminhar e caminhei para o centro da Terra. Todos ouviram o que me foi dito naquele momento: ‘Não retornarás até que haja, na superfície da Terra, quem possa manter o equilíbrio para a tua mestria.’ Então, amados, podeis dizer que fiquei confinado para manter o núcleo de um planeta à mercê de pessoas como vós, até que chegueis ao ponto de sentir um amor similar pelo raio rubi.<ref>Buda do Raio Rubi, A Dew Drop Rare of Ruby Ray (Uma Rara Gota de Orvalho de Raio Rubi), Pérolas de Sabedoria, vol. 31, n° 69, 16 de outubro de 1998.</ref></blockquote>
 
<blockquote>Relembrai agora o dia em que me vistes, quando deixei [[Special:MyLanguage/Shamballa|Shamballa]]. Todos me olharam quando, com um cajado na mão, um foco do raio rubi em volta do pescoço, entrei numa caverna e comecei a caminhar e caminhei para o centro da Terra. Todos ouviram o que me foi dito naquele momento: ‘Não retornarás até que haja, na superfície da Terra, quem possa manter o equilíbrio para a tua mestria.’ Então, amados, podeis dizer que fiquei confinado para manter o núcleo de um planeta à mercê de pessoas como vós, até que chegueis ao ponto de sentir um amor similar pelo raio rubi.<ref>Buda do Raio Rubi, A Dew Drop Rare of Ruby Ray (Uma Rara Gota de Orvalho de Raio Rubi), Pérolas de Sabedoria, vol. 31, n° 69, 16 de outubro de 1998.</ref></blockquote>
Line 15: Line 14:
 
O Buda do Raio Rubi presenteou-nos com uma gota desse raio que, segundo ele, só conseguiremos preservar se mantivermos acesa a chama do amor interno e da harmonia. Ele disse:
 
O Buda do Raio Rubi presenteou-nos com uma gota desse raio que, segundo ele, só conseguiremos preservar se mantivermos acesa a chama do amor interno e da harmonia. Ele disse:
  
<blockquote>I come to reinforce Buddhic presence in your heart and leave indeed a replica, in outline only, of my form that you may fill in as you become the Buddha and see me mirrored in self. For I desire to live on the surface of earth in the hearts of true devotees of the Buddha. It is my prayer that you will accord me this to make my wish come true.<ref>Ibid.</ref></blockquote>
+
<blockquote>Venho para reforçar a presença Búdica no vosso coração e deixar uma réplica da minha forma, só o contorno, para que a preenchais, na medida em que vos tornais no Buda e me virdes espelhado no vosso ser, pois desejo viver na superfície da terra, no coração dos verdadeiros devotos do Buda. Peço que me concedais isto para que o meu desejo se realize..<ref>Idem.</ref></blockquote>
  
== See also ==
+
== Ver também ==
  
[[Himalaya Mountain]]
+
[[Special:MyLanguage/Himalaya Mountain|Montanha Himalaya]]
  
== Sources ==
+
== Fontes ==
  
{{MTR}}, s.v. “Buddha of the Ruby Ray.”
+
{{MTR-pt}}, s.v. “Buddha of the Ruby Ray.”
 
 
[[Category:Heavenly beings]]
 
  
 +
[[Category:Seres celestiais]]
  
 
<references />
 
<references />

Latest revision as of 17:15, 3 May 2020

Other languages:
English • ‎español • ‎português • ‎русский
0001320 buddha-of-the-ruby-ray-5-x-7-white-background 600.jpg

O raio rubi é uma ação intensa do amor divino. O ser denominado Buda do Raio Rubi possui a mestria búdica dessa ação intensa de amor divino.

Ele foi enviado há muito tempo por Sanat Kumara e Gautama Buda para habitar a câmara secreta de Deus, no coração da Terra. Em 1988, o Buda do Raio Rubi falou sobre a sua aceitação dessa tarefa:

Relembrai agora o dia em que me vistes, quando deixei Shamballa. Todos me olharam quando, com um cajado na mão, um foco do raio rubi em volta do pescoço, entrei numa caverna e comecei a caminhar e caminhei para o centro da Terra. Todos ouviram o que me foi dito naquele momento: ‘Não retornarás até que haja, na superfície da Terra, quem possa manter o equilíbrio para a tua mestria.’ Então, amados, podeis dizer que fiquei confinado para manter o núcleo de um planeta à mercê de pessoas como vós, até que chegueis ao ponto de sentir um amor similar pelo raio rubi.[1]

Em 1989, Cuzco anunciou que, em resposta aos chamados feitos pelos Guardiães da Chama, o Buda do Raio Rubi caminhou, literalmente, passo a passo, desde o centro da Terra, para estar presente e nos ajudar a lidar com as forças negativas, que estão por perto. Este Buda conta com anjos de intensidade ígnea que mantêm uma gruta de luz rubi no coração da Terra, sob o rancho do Royal Teton. Esses anjos estão disponíveis para, a qualquer momento, eliminar e purificar a densidade criada pela dieta inadequada, pelas más escolhas de música, pela consciência imprópria e pela mente saturada de entidades.

O Buda do Raio Rubi presenteou-nos com uma gota desse raio que, segundo ele, só conseguiremos preservar se mantivermos acesa a chama do amor interno e da harmonia. Ele disse:

Venho para reforçar a presença Búdica no vosso coração e deixar uma réplica da minha forma, só o contorno, para que a preenchais, na medida em que vos tornais no Buda e me virdes espelhado no vosso ser, pois desejo viver na superfície da terra, no coração dos verdadeiros devotos do Buda. Peço que me concedais isto para que o meu desejo se realize.”.[2]

Ver também

Montanha Himalaya

Fontes

Mark L. Prophet e Elizabeth Clare Prophet, Os Mestres e os seus retiros, s.v. “Buddha of the Ruby Ray.”

  1. Buda do Raio Rubi, A Dew Drop Rare of Ruby Ray (Uma Rara Gota de Orvalho de Raio Rubi), Pérolas de Sabedoria, vol. 31, n° 69, 16 de outubro de 1998.
  2. Idem.