Buda do Raio Rubi

From TSL Encyclopedia
Revision as of 17:06, 3 May 2020 by Tmoras (talk | contribs) (Created page with "Montanha Himalaya")
Jump to navigation Jump to search
Other languages:
English • ‎español • ‎português • ‎русский
0001320 buddha-of-the-ruby-ray-5-x-7-white-background 600.jpg

O raio rubi é uma ação intensa do amor divino. O ser denominado Buda do Raio Rubi possui a mestria búdica dessa ação intensa de amor divino.

Ele foi enviado há muito tempo por [[Special:MyLanguage/Sanat Kumara|Sanat Kumara]] e Gautama Buda para habitar a câmara secreta de Deus, no coração da Terra. Em 1988, o Buda do Raio Rubi falou sobre a sua aceitação dessa tarefa:

Relembrai agora o dia em que me vistes, quando deixei Shamballa. Todos me olharam quando, com um cajado na mão, um foco do raio rubi em volta do pescoço, entrei numa caverna e comecei a caminhar e caminhei para o centro da Terra. Todos ouviram o que me foi dito naquele momento: ‘Não retornarás até que haja, na superfície da Terra, quem possa manter o equilíbrio para a tua mestria.’ Então, amados, podeis dizer que fiquei confinado para manter o núcleo de um planeta à mercê de pessoas como vós, até que chegueis ao ponto de sentir um amor similar pelo raio rubi.[1]

Em 1989, Cuzco anunciou que, em resposta aos chamados feitos pelos Guardiães da Chama, o Buda do Raio Rubi caminhou, literalmente, passo a passo, desde o centro da Terra, para estar presente e nos ajudar a lidar com as forças negativas, que estão por perto. Este Buda conta com anjos de intensidade ígnea que mantêm uma gruta de luz rubi no coração da Terra, sob o rancho do Royal Teton. Esses anjos estão disponíveis para, a qualquer momento, eliminar e purificar a densidade criada pela dieta inadequada, pelas más escolhas de música, pela consciência imprópria e pela mente saturada de entidades.

O Buda do Raio Rubi presenteou-nos com uma gota desse raio que, segundo ele, só conseguiremos preservar se mantivermos acesa a chama do amor interno e da harmonia. Ele disse:

Venho para reforçar a presença

Búdica no vosso coração e deixar uma réplica da minha forma, só o contorno, para que a preenchais, na medida em que vos tornais no

Buda e me virdes espelhado no vosso ser, pois desejo viver na superfície da terra, no coração dos verdadeiros devotos do Buda. Peço que me concedais isto para que o meu desejo se realize.”.[2]

Ver também

Montanha Himalaya

Sources

Mark L. Prophet and Elizabeth Clare Prophet, The Masters and Their Retreats, s.v. “Buddha of the Ruby Ray.”


  1. Buda do Raio Rubi, A Dew Drop Rare of Ruby Ray (Uma Rara Gota de Orvalho de Raio Rubi), Pérolas de Sabedoria, vol. 31, n° 69, 16 de outubro de 1998.
  2. Idem.