Ordem do Coração de Diamante

From TSL Encyclopedia
Revision as of 21:14, 22 October 2020 by Tmoras (talk | contribs) (Created page with "<blockquote>Devemos compreender que o chamado mais direto de Deus nesta hora é para salvar a América. Por que a América? Por que os Estados Unidos? Alguns se opõem veement...")
Jump to navigation Jump to search
Other languages:
English • ‎español • ‎português
Diamond Heart.jpg

{{Ordens Sagradas}}

Mãe Maria, Jesus, e El Morya nos chamaram para fazer parte da Ordem do Coração de Diamante.

O chamado de Morya, Maria e Jesus

Mãe Maria disse:

Sou para vós uma representante da Mãe Divina e da senda do Coração de Diamante. Esta senda da Mãe Divina como a senda do Coração de Diamante foi adotada pelo amado El Morya. El Morya ensina esta senda de devoção à vontade de Deus por aquele Coração de Diamante a cada um de seus chelas. Portanto, vós que estivestes em seu retiro na oitava etérica em Darjeeling ouviram muito sobre ela.

Venho dizer-vos, nesta hora do Natal deste ano e da celebração do nascimento de meu Filho, que El Morya vos chama e vos chama novamente para fazerdes parte de sua ordem, na qual uno-me a ele, a Ordem do Coração de Diamante. Esta ordem, amados, é dedicada à oferta do vosso coração para formar o Sagrado Coração de Jesus. Enquanto um indivíduo pode não ser capaz de levar esse Sagrado Coração sozinho, muitos que se comprometem a mantê-lo podem se tornar parte do grande coração do nosso Senhor. Este é o mesmo princípio do Corpo de Deus na Terra, com muitos membros, mas um só Corpo. [1] Assim, muitos corações também formam um Coração de Diamante.

Este Coração de Diamante é o próprio coração da vontade de Deus do Cristo. Nada pode resistir à ele, pois sua intensidade de Luz é maior do que todas as Trevas dos seres das trevas na Terra

Seres abençoados, ao longo das eras os santos foram chamados a oferecer suas vidas para a salvação da Igreja, da nação, da comunidade ou do planeta. Meu Filho também o fez, mas a oferta de sua vida foi ao viver e não ao morrer, e o derramamento de seu Sangue não foi ao morrer, mas ao viver. Pois a Luz imortal que flui de seu coração é uma torrente que nunca termina e que enche todas as taças de comunhão na Terra.

Compreendei este princípio, amados, de que nesta hora, dois mil anos depois, todos os discípulos de Jesus Cristo na Terra são chamados a ser uma parte desse Coração de Diamante.

Por isso, Jesus, eu e El Morya dissemos na reunião do Conselho de Darjeeling: Vamos reativar na Terra a Ordem do Coração de Diamante. Vamos chamar muitos discípulos de Jesus Cristo, muitos que estudaram esta senda e este ensinamento, muitos que conhecem o coração dos mensageiros.

Que eles entendam este chamado. Que eles compreendam que, ao longo de toda a história, os santos deram suas vidas para que o ensinamento e a Palavra de Deus vivessem para sempre como oportunidade. Que eles entendam que, pela luz dos ditados, do Espírito Santo e da Grande Fraternidade Branca, houve tanta inspiração divina, uma vinda do Espirito Santo tão grande, que um número verdadeiramente incontável daqueles cujas auras são como santos vestidos de branco (por terem internalizado a porção exata do próprio Sagrado Coração de Cristo) podem agora se tornar uma parte daquele grande Coração de Diamante e servir para ofertar uma parte de suas vidas, para que todos possam viver e possam continuar a ser um recipiente e um cálice, como um grande coração, para a salvação da América como nação Crística e a senda de relacionamento Mestre/Discípulo sob Jesus Cristo e os Filhos-Servos de Deus no céu.

Compreendeis, amados, que a hora da Segunda Vinda de Cristo, sinalizada por Jesus descendo em nuvens de glória, é cumprida apenas quando os seus na Terra escolhem ser os cálices para essa Luz universal?

Pois, amados, essa hora chegou e vós podeis fazê-lo. Por isso, nesta noite de Natal de 1987, tendes a oportunidade de dar uma porção da luz de Cristo que internalizastes para compor um Coração de Diamante que é suficiente não apenas para salvar a América, mas para impedir que qualquer santo, ou um desses pequeninos, ou a Mensageira devam ter a necessidade de dar sua vida para que outros possam viver. [2]

A salvação da América

No dia de Natal, Jesus falou sobre a oferta da Cristicidade para a salvação da América:

Qual a vocação daqueles que, como Santa Teresinha de Lisieux, que entram na Ordem do Coração de Diamante? Na verdade, é a de desposar a vontade de Deus e de deixar de lado os objetivos que vêm depois desse propósito central da vida.

Devemos compreender que o chamado mais direto de Deus nesta hora é para salvar a América. Por que a América? Por que os Estados Unidos? Alguns se opõem veementemente à essa aparente preferência. Amados, é porque esta nação tem o grande legado e patrocínio de Saint Germain, o maior investimento de Luz feito pela Grande Fraternidade Branca, no experimento de liberdade na Terra.

Therefore, to save America is to save a dispensation that has not been given to any other nation. To save America is to save the lost sheep of the twelve tribes, of the legions of Sanat Kumara, and to raise up such a Christ consciousness as will draw all Lightbearers of the earth. To seal and save this nation under God is to preserve opportunity for the victory in every other nation upon this planet....

Your Messenger, then, has no requirement by cosmic law to lose her life save in giving it utterly in service if, beloved, as my Mother has told you, there are many who come forth to up the level of their sacrifice, to actually be and know that they are twenty-four hours a day a portion of that Diamond Heart. Thus, beloved, to be a part of that order one must know and give one’s self in the mystery of surrender to the will of God.

Many times preconceived notions of personal destiny do not allow one to see what is that holy and perfect will of God for one’s life. Therefore, I commend you to the giving of the Surrender Rosary and the calls to the will of God. And I tell you to understand that no denial of that which is the fullness of thy life [on earth] is required, but only a heightened vision as to exactly what is the fullness of that life plan—that divine plan of you and your beloved twin flame[—in order that you might fulfill it with all due diligence]....

Therefore, I speak of the Christ in you, of each and every one and of each babe who does sleep while at inner levels he does mightily strive in the spirit for the victory of nations. It is so of your Christ, beloved, as I said, For judgment I AM come into this world![3] This is your fiat of the hour, beloved, and that judgment of the world [and the world’s condemnation of the Christ in you and in these little ones] through and by your Christ Self is indeed the primary affirmation of the will of God for your life and purpose and daily service [in the Order of the Diamond Heart] in this hour....

Therefore, beloved, to espouse the will of God is the path of sainthood and, as Morya has said, it is the sacred adventure. When you see this you will know, all things coming under the grand design, that you are surely locked in to the Diamond Heart of my Mother Mary, that heart being the Immaculate Heart, that heart being the pulsation of a cosmos.

Thus, beloved, all things follow when you vow to do the will of God. And when you truly demand and cry out to the Father, “Show me what is that will!” and you are able to let go of pet plans and projects, you will be found called and sealed in the Order of the Diamond Heart.[4]

Holding the balance of karma

On New Year’s Eve following these dictations, El Morya said:

Many Keepers of the Flame bearing a portion and becoming a greater portion daily of that Diamond Heart can secure the spiritual grants and dispensations that flow through the office of the Messenger for the saving of the Lightbearers of the world and, if not for the saving of a nation, then for the saving of the opportunity of a nation to rise again.

Consider this which I have said, beloved. Some nations have been lost on earth and their dispensations are not retrievable. They will not rise again, not in this particular thousand years of cycles. In the case of America, as Saint Germain’s dispensation has been given, a portion of it has already been lost with his exit from the nation’s capital.[5]

Understand, then, beloved, that all those who raise up the Diamond Heart in the spiritual path for the maintenance and the holding of the balance of karma in the earth may also hold a portion of the mantle of the office of the president and in so doing, beloved, being a part of my heart, you are not only running for office but “occupying”[6] until a people may bridge the gap of their neglect and ignorance and once again by the momentum of your heart, by the magnet of the Central Sun and that diamond, come to a realization of who and what they want to be in that office.

And when they again come of age, to the age of courage,[7] beloved, then it is your magnet, your profile, your presence, your right action that will be the nucleus whereby a people once again deserve a Son of God in office.[8]

See also

Diamond Heart

Sources

Compiled by the editors.

  1. Rm 12:4-8; 1Co 10:16, 17; 12.
  2. Mãe Maria, “A Ordem do Coração de Diamante”, Pearls of Wisdom, vol. 30, no. 83, 25 de dezembro de 1987.
  3. “And Jesus said, For judgment I am come into this world, that they which see not might see; and that they which see might be made blind.” John 9:39.
  4. Jesus Christ, “The Hour of Thy Victory Draweth Nigh,” Pearls of Wisdom, vol. 30, no. 84, December 31, 1987.
  5. See 1987 Pearls of Wisdom, vol. 30, pp. 611–12, 615, 617.
  6. Luke 19:13.
  7. courage: coeur-âge, the age of the heart’s emboldening by the full flowering of the threefold flame.
  8. El Morya, “My Candidacy for President of the United States of America,” Pearls of Wisdom, vol. 31, no. 1, January 3, 1988.